0

Saiba o retrospecto do Palmeiras no gramado sintético do Athletico-PR

13 fev 2020
07h06
atualizado às 07h06
  • separator
  • 0
  • comentários

No próximo domingo, o Palmeiras estreará o novo gramado sintético do Allianz Parque em duelo contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista. Se o piso é novidade na arena do Alviverde, não é para o clube, que já visitou adversários com campos artificiais.

No histórico do confrontos, dois passos importantes para os títulos brasileiros de 2016 e 2018 e a eliminação na Libertadores de 2013.

Vitor Hugo comemora gol da vitória do Palmeiras sobre o Athletico-PR no Brasileiro de 2016

O campo sintético onde o Palmeiras mais jogou é na Arena da Baixada. Desde que o gramado passou pela transformação em 2016, foram quatro jogos, com duas vitórias palmeirenses, um empate e uma derrota.

Os triunfos aconteceram exatamente nos anos em que o Verdão se sagrou campeão nacional. Em 2016, vitória por 1 a 0 com gol de Vitor Hugo, pela 20ª rodada. Já em 2018, placar favorável de 3 a 1, com gols de Bruno Henrique, Marcos Rocha e Willian, pela 4ª rodada.

Em 2017, o Athletico-PR venceu por 3 a 0. Já no ano passado, empate por 1 a 1, com gol de Deyverson pela 27ª rodada do Brasileirão.

Eliminação na Libertadores

Se o retrospecto na Arena da Baixada é positivo, o Alviverde não guarda boas lembranças do duelo contra o Tijuana-MEX, pelas oitavas de final da Libertadores de 2017.

O estádio do time mexicano, palco do jogo de ida, também tem gramado sintético. Lá, as duas equipes empataram por 0 a 0. Na volta, disputada no Pacaembu, o Verdão perdeu por 2 a 1 e foi eliminado da competição.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade