0

Palmeiras torce contra Inter e Cruzeiro por melhor campanha

Time de Felipão ainda tem chances de fechar a fase de grupos da Copa Libertadores com o melhor retrospecto

7 mai 2019
16h44
atualizado às 17h18
  • separator
  • comentários

O Palmeiras tem chance de repetir o feito do ano passado e fechar a fase de grupos da Copa Libertadores com a melhor campanha geral. Para isso, o time do técnico Luiz Felipe Scolari precisa vencer o San Lorenzo, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, e principalmente torcer por tropeços de Inter e Cruzeiro, clubes que iniciam a sexta rodada com campanha superior à do atual campeão brasileiro.

O time alviverde somou 12 pontos em cinco rodadas, ante 13 do Inter e 15 do Cruzeiro. O time gaúcho enfrenta nesta terça-feira o River Plate, em Buenos Aires, e se empatar pode ser ultrapassado pelo Palmeiras na tabela geral da fase de grupos. Já o Cruzeiro, que recebe o Emelec no Mineirão na quinta-feira, teria de ser derrotado dentro de casa para possibilitar que o clube alviverde some mais pontos.

Deyverson, do Palmeiras, comemora após marcar gol em partida contra o Internacional, válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no Allianz Parque
Deyverson, do Palmeiras, comemora após marcar gol em partida contra o Internacional, válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no Allianz Parque
Foto: Alex Silva / Estadão

Outros dois times estrangeiros podem alcançar o Palmeiras na classificação geral. O Cerro Porteño, do Paraguai, e o Nacional, do Uruguai, têm os mesmos 12 pontos que o time alviverde, porém se enfrentam nesta terça-feira. Como o atual campeão brasileiro tem saldo de 11 gols e os concorrentes têm um índice menor, em caso de vitória no Allianz Parque o Palmeiras possivelmente superaria o adversário.

No ano passado o Palmeiras, então dirigido por Roger Machado, fechou a fase de grupos com 16 pontos ganhos em 18 possíveis. Avançar para as oitavas de final com a maior pontuação garante ao dono da marca poder definir em casa todos os confrontos da fase decisiva, exceto a final. A partir deste ano a decisão será em jogo único.

Veja também:

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade