0

Palmeiras deve vender Moisés por seis vezes mais que pagou

Clube entra em acordo com time chinês e aguarda detalhes para fechar transferência de R$ 21 milhões

19 jul 2019
12h45
atualizado às 19h58
  • separator
  • 0
  • comentários

A negociação entre Palmeiras e Shandong Luneng, da China, pelo meia Moisés deve trazer uma valorização grande pelo jogador de 31 anos. Após chegar ao clube paulista no começo de 2016 pelo valor aproximado de R$ 3,4 milhões, o camisa 10 deve aceitar a proposta dos asiáticos e deixar o Brasil por um valor cerca de seis vezes maior: R$ 21 milhões.

Foto: Djalma Vassão / Gazeta Press

Moisés veio ao Palmeiras depois de passar pelo Rijeka, da Croácia. Pelo clube ele disputou 138 jogos, marcou 12 gols e foi campeão brasileiro em 2016 e 2018. O clube tenta selar o desfecho da negociação o quanto antes. O meia retornou para São Paulo na última quinta-feira para acompanhar as conversas, enquanto o elenco viajou para Fortaleza, local da partida deste sábado contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro.

O clube liberou o jogador para negociar com o time chinês e aguarda dois detalhes para considerar a situação definida. A primeira é o acerto de Moisés com o Shandong Luneng e a outra, a aprovação do atleta nos exames médicos a serem feitos por representantes da equipe asiática.

Enquanto o camisa 10 pode deixar a equipe, um outro reforço pode chegar. O zagueiro Vitor Hugo, atualmente na Fiorentina, pode retornar ao Palmeiras depois de quase dois anos no futebol italiano. O defensor tem negociações com a diretoria para ser novamente adquirido e se apresentar ao técnico Luiz Felipe Scolari em breve. O valor deve ser aproximadamente R$ 23 milhões.

O elenco palmeirense aguarda os desfechos das negociações, porém está com a agenda ltoada de jogos. Depois de enfrentar o Ceará, o time viaja diretamente para a Argentina, onde na terça-feira enfrenta o Godoy Cruz, em Mendoza, pela partida ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade