0

Muro do estádio do Palmeiras é pichado com protestos contra diretoria

4 set 2019
12h38
atualizado às 13h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

O clima no Palmeiras continua extremamente pesado em função dos últimos tropeços do time e a troca de técnico. Na noite desta terça-feira, os muros do Allianz Parque, estádio do clube, foram pichados com protestos.

Os dirigentes - o presidente  Maurício Galiotte e o diretor de futebol Alexandre Mattos - são os principais alvos. Foram escritas as frases "Presidente omisso" e "Fora Mattos".  Segundo informações do Globo Esporte.com, as pichações foram apagados rapidamente pelo clube.

O Palmeiras amarga uma crise desde a desclassificação da Libertadores para o Grêmio. Os maus resultados fizeram a diretoria demitir o antigo treinador, Luiz Felipe Scolari. O problema é que a escolha de Mano Menezes para a função não agradou boa parte da torcida alviverde.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade