0

Goulart nega frustração e associa saída do Palmeiras a sonho de Copa: "Não pensei duas vezes"

8 jul 2020
08h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A passagem por empréstimo de Ricardo Goulart pelo Palmeiras durou pouco mais de quatro meses. O retorno do meia-atacante ao Guangzhou Evergrande, da China, em maio de 2019, deixou muitas dúvidas na cabeça de torcedores do Verdão. Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, o jogador explicou sua saída do Alviverde, deixando claro que a volta ao time asiático não foi motivada pela lesão sofrida no Brasil.

Com apenas seis minutos do primeiro tempo da partida contra o Fortaleza, que marcou a estreia do Palmeiras no Brasileirão do ano passado, Goulart sentiu dores fortes no joelho direito e teve que ser substituído. Na sequência, o jogador foi submetido a uma artroscopia para a retirada de parte do menisco. O procedimento tiraria o meia-atacante de combate por cerca de dois meses.

Menos de 30 dias depois, o Palmeiras anunciou que o Guangzhou pediu o retorno de Goulart, que assinou novo vínculo de cinco temporadas junto aos chineses. À reportagem, Goulart revelou que foi motivado pelo sonho de disputar uma Copa do Mundo.

"Cara, a decisão não teve nenhuma relação com a lesão. Eu já estava em fase final de recuperação, me sentindo bem já, e veio a oportunidade de voltar ao Guanghzou para um projeto maior, veio a chance da naturalização, de defender a seleção chinesa. E isso me atraiu muito, nem pensei duas vezes. Todos no Palmeiras entenderam que era a chance de eu realizar um sonho, quem sabe jogar uma Copa do Mundo", afirmou o jogador, que completou o processo de naturalização no final de 2019.

Goulart não esconde que tinha objetivo de proporcionar mais alegrias ao torcedor do Palmeiras, porém nega que tenha ficado frustrado pelo pouco tempo que passou pelo Alviverde.

"Não, nem um pouco. Claro que gostaria de ter feito mais, jogado mais, continuado a dar alegrias ao torcedor palmeirense, mas foi uma experiência incrível, maravilhosa. Ser recebido pela torcida lá no Allianz, poder fazer gol com a camisa do Palmeiras. Tudo isso foi muito bom pra mim e eu só tenho a agradecer a Deus e a todos envolvidos pela oportunidade que tive", disse o meia-atacante.

No período no qual atuou pelo Palmeiras, Ricardo Goulart disputou 12 partidas e marcou quatro gols.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade