4 eventos ao vivo

Auxiliares de Felipão iniciam trabalho no Palmeiras

Paulo Turra e Carlos Pracidelli, contratados juntos de Scolari, apresentaram-se nesta sexta-feira no clube

27 jul 2018
12h41
atualizado às 13h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O Palmeiras voltou aos trabalhos nesta sexta-feira após a derrota sofrida para o Fluminense que culminou na demissão do técnico Roger Machado. Sob o comando do treinador do time sub-20, Wesley Carvalho, e olhares dos auxiliares de Felipão, Paulo Turra e Carlos Pracidelli, os jogadores participaram de uma atividade tática sob forte sol na Academia de Futebol, na Zona Oeste de São Paulo. A imprensa, contudo, não teve pistas sobre a equipe que deverá ir a campo no próximo domingo, contra o Paraná, no Allianz Parque, às 11h (de Brasília).

Auxiliares de Felipão, Paulo Turra (meio) e Pracidelli (direita) caminham ao lado de Alexandre Mattos no campo de treinamento do Palmeiras
Auxiliares de Felipão, Paulo Turra (meio) e Pracidelli (direita) caminham ao lado de Alexandre Mattos no campo de treinamento do Palmeiras
Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

O grande destaque desta sexta foi o primeiro dia de trabalho de parte da comissão técnica de Luiz Felipe Scolari. Enquanto o treinador ainda acerta os últimos detalhes de seu retorno ao Brasil, os auxiliares Paulo Turra e Carlos Pracidelli apareceram na Academia de Futebol para acompanhar o treinamento. A dupla, inclusive, recebeu as boas vindas de Alexandre Mattos e conversou com o diretor de futebol alviverde durante parte da atividade.

O time em campo

Outro fato que chamou a atenção foi a presença de Gustavo Scarpa mais centralizado. Em uma atividade tática sem marcadores, o jogador ex-Fluminense foi utilizado por Wesley Carvalho em uma posição um pouco diferente daquela que se acostumou a desempenhar com Roger Machado, que preferia vê-lo atuar mais aberto.

A definição de quem será o armador do Palmeiras contra o Paraná, no entanto, ainda não aconteceu. Lucas Lima, outra opção para o setor, treinou entre os reservas posteriormente em uma atividade em campo reduzido, mas isso não indica que ele será preterido pelo técnico interino.

Felipe Melo, Edu Dracena e Luan, todos suspensos, inicialmente não apareceram no gramado. Depois, apenas o terceiro foi a campo para também participar do treinamento em campo reduzido junto com os demais atletas considerados reservas. Os outros dois permaneceram trabalhando na academia.

A única certeza, por enquanto, é a dupla de zaga para o próximo domingo. Como duas das opções terão de cumprir suspensão, a tendência é que o técnico Wesley Carvalho utilize Thiago Martins ao lado de Antônio Carlos.

Nesta sexta-feira, o elenco se reapresentou às 8h (de Brasília) justamente para se acostumar com o horário da partida contra o Paraná, marcada para as 11h do próximo domingo. Até mesmo o café da manhã dos jogadores foi alterado, uma vez que eles precisarão de uma maior reserva energética logo no começo do dia.

Ainda não se sabe se essa será a última partida da equipe antes da chegada de Felipão, já que o treinador ainda não tem um prazo para vir ao Brasil, e o Verdão tem um importante compromisso na próxima quinta-feira, contra o Bahia, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Caso Felipão não tenha tempo de treinar a equipe para o confronto da semana que vem em Salvador, Wesley Carvalho deverá ser novamente acionado.

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade