PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Cleiton Xavier ganha processo para receber R$ 500 mil do Palmeiras

23 mai 2013 19h05
| atualizado às 20h46
ver comentários
Publicidade
<p>Cleiton Xavier jogou no Palmeiras até 2010</p>
Cleiton Xavier jogou no Palmeiras até 2010
Foto: Getty Images

O meio-campista Cleiton Xavier obteve vitória judicial em primeira instância para receber do Palmeiras um valor estimado de R$ 500 mil referentes a direito de arena da passagem dele pelo time paulista, entre 2009 e 2010. O processo foi ganho em primeira instância, cabendo ao clube a possibilidade de recurso.

Como praxe, os dirigentes geralmente se apoiam em acordo com o sindicato da categoria para fazer repasse de 5% do montante arrecadado pela reprodução de imagens das partidas. Conforme a Lei Pelé, no entanto, os "atletas profissionais participantes do espetáculo ou evento" têm direito a 20% do valor.

Segundo o advogado João Henrique Chiminazzo, que representou Cleiton Xavier na Justiça, não há confirmação exata da quantia. A estimativa de meio milhão de reais é feita com base nas cotas de transmissão de televisão veiculadas na época em que o meio-campista defendia a equipe.

Antes de atuar pelo Palmeiras, Cleiton Xavier teve passagens por diversos times do futebol brasileiro, dentre eles Inter e Figueirense. Atualmente com 30 anos, é um dos destaques do Metalist, da Ucrânia, que acaba de conquistar uma vaga para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

Além dele, pleiteiam na Justiça a diferença de 15% dos direitos outros ex-palmeirenses, como os zagueiros Gustavo (hoje no Qingdao Jonoon, da China) e Danilo (Udinese, da Itália) e o meia Evandro (Estoril, de Portugal). O trio é igualmente representado por Chiminazzo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade