PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Classificado em primeiro lugar, Palmeiras inicia busca por mais recordes na Libertadores

Verdão já garantiu passaporte para a próxima fase e a primeira colocação no Grupo A. Agora o objetivo é acumular marcas históricas e conquistar a melhor campanha geral

18 mai 2022 06h22
| atualizado às 06h22
ver comentários
Publicidade

O Palmeiras volta a campo pela Libertadores nesta quarta-feira, às 19h, quando recebe o Emelec-EQU, no Allianz Parque. Já classificado para o mata-mata e como primeiro lugar garantido no Grupo A, o Verdão agora tem dois objetivos: conquistar a melhor campanha geral e seguir somando recordes para o clube. Uma vitória sobre os equatorianos já encaminha esses dois desejos palmeirenses.

Palmeiras entra em campo nesta quarta-feira de olho em mais recordes para o clube (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Palmeiras entra em campo nesta quarta-feira de olho em mais recordes para o clube (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

GALERIA

TABELA

A grande marca que já pode vir nesta quarta é a de maior número de gols em fase de grupos da competição continental. Atualmente, o registro histórico pertence ao River Plate na edição de 2020, que colocou 20 bolas na rede dos adversários. O Alviverde já tem 20 e com mais dois superará o rival argentino. Vale lembrar que a equipe de Abel Ferreira terá duas partidas para conseguir esse feito.

Se depender da média de gols do Palmeiras até aqui, o recorde não só será batido, mas sim pulverizado. Foram 20 gols marcados em quatro partidas, ou seja, média de cinco por duelo. Caso siga nessa toada, o Verdão chegará a 25 gols em uma mesma fase de grupos, colocando um novo patamar para quem quiser superar a marca. Até porque, ainda terá o confronto com o Deportivo Táchira na 6ª rodada.

Uma vitória também mantém vivo o sonho palmeirense de estabelecer a melhor campanha da história da fase de grupos da Libertadores, que pertence ao Boca Juniors de 2015, que conquistou seis vitórias em seis jogos, somando 18 pontos, além de 19 gols marcados e um saldo de 17. Ao Palmeiras, que já tem saldo de 18, basta sair vitorioso nos dois duelos para ser o recordista.

Consequentemente, o time de Abel daria mais um passo enorme para ter a melhor campanha geral desta edição e poderia decidir os confrontos de mata-mata em casa até a semifinal, já que a final é disputada em jogo único e campo neutro. Isso, porém, somente poderá acontecer na última rodada, pois outros clubes ainda conseguiriam alcançar a pontuação palmeirense.

Um recorde dentro da história do próprio clube que também está em jogo é o de invencibilidade dentro da Libertadores. Até aqui são 12 jogos consecutivos sem perder na competição continental. O último revés foi em 2021, quando o Defensa y Justicia bateu o Verdão por 4 a 3, no Allianz Parque, pela fase de grupos da edição do ano passado.

Sem contar o já famoso recorde de invencibilidade em partidas como visitante, Até aqui, o Alviverde tem uma sequência de 18 jogos sem derrotas nos domínios dos adversários (13 vitórias e 5 empates). O último revés palestrino fora de casa na Libertadores foi em 2019, para o San Lorenzo-ARG, na fase de grupos daqueles ano.

Por essas e outras, o duelo desta noite no Allianz Parque é recheado de atrações para o torcedor do Palmeiras, que ainda tem muito o que vibrar nesta fase de grupos da Libertadores. Será mais uma oportunidade para a torcida acompanhar um time histórico, fazendo história na competição continental e no futebol brasileiro.

Confira o desempenho palmeirense em relação aos outros brasileiros (segundo números do jornalista Rodolfo Rodrigues):

1º em participações (22) - entre 1961 e 2022

1º em títulos (3) - dividido com Grêmio, São Paulo e Santos

1º em finais (6) - dividido com São Paulo

1º em jogos (214)

1º em gols marcados (412)

1º em gols marcados em casa (237)

1º em gols como visitante (168)

1º em vitórias (121)

1º em vitórias em casa (72) - dividido com o São Paulo

1º em vitórias fora de casa (47)

Lance!
Publicidade
Publicidade