0

Clássicos contra Santos e São Paulo podem sair do Allianz

8 jun 2016
09h02
atualizado às 11h15
  • separator
  • 0
  • comentários

O Palmeiras pode ser obrigado a enfrentar dois de seus maiores rivais fora do Allianz Parque no Campeonato Brasileiro. A WTorre, construtora responsável por administrar a arena, ainda não garante a realização dos confrontos com Santos e São Paulo no local.

A princípio, o clube corria risco de perder seu estádio em oito dos 19 mandos que possui no torneio nacional. O Palmeiras já enfrentou o Grêmio (5ª rodada) no Pacaembu e também será desalojado diante de América-MG (10ª) e Cruzeiro (30ª) em função de eventos artísticos na arena.

Os confrontos com Santos (14ª) e São Paulo (23ª) estão ameaçados por possíveis eventos no estádio, assim como a partida contra o Sport (32ª). “Ainda estamos negociando, não está definido. Trabalhamos para viabilizar os jogos na arena”, disse Rogério Dezembro, presidente da WTorre Entretenimento.

Allianz Parque será palco da estreia de filme e revolta torcedores
Allianz Parque será palco da estreia de filme e revolta torcedores
Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

De acordo com o executivo da construtora, os confrontos do Palmeiras com Flamengo (25ª) e Coritiba (27ª), antes ameaçados, estão confirmados para a arena alviverde: “são escolhas difíceis. Em qualquer decisão que você tome, há perda. Temos que tentar minimizar essa perda”, afirmou Dezembro.

O Palmeiras também pode acabar desalojado em partidas Copa do Brasil, competição que conquistou em 2015. Se avançar, o time comandado pelo técnico Cuca corre risco de mandar fora do Palestra Itália partidas válidas pelas oitavas, quartas e finais do torneio.

“Vamos tentar fazer todos os jogos na arena. Tomara que o time repita o ano passado e seja campeão. São partidas com público acima da média, que geram faturamento de bilheteria e com outros serviços, como estacionamento, alimentos e bebidas”, disse Dezembro, otimista.

Em litígio desde o começo de 2014, Palmeiras e WTorre discutem diferenças em arbitragem. A animosidade entre as partes aumentou nesta semana em função da realização da estreia do filme Independence Day: O Ressurgimento no dia 22 de junho no Allianz, data do confronto com o América-MG.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade