PUBLICIDADE
Logo do Palmeiras

Palmeiras

Favoritar Time

Caso Scarpa x Bigode: Polícia Federal apreende pedras preciosas

28 jul 2023 - 13h38
Compartilhar
Exibir comentários

Mais um capítulo da briga entre os ex-companheiros Gustavo Scarpa e Willian Bigode. A pedido da Justiça Federal do Acre, a Polícia Federal (PF) apreendeu um lote de pedras preciosas da Xland Gestora de Investimentos, que, por ordem da Justiça de São Paulo, seguia em poder da empresa Sekuro Private Box.

A informação é do jornalista Ricardo Perrone, em sua coluna no portal "Uol".

Gustavo Scarpa move ação na Justiça contra Willian Bigode –
Gustavo Scarpa move ação na Justiça contra Willian Bigode –
Foto: Cesar Greco/Palmeiras / Jogada10

A Xland e a WLJC Consultoria Empresarial, de propriedade do atacante Willian Bigode, ex-Palmeiras e atualmente no Athletico-PR, são alvos de ação judicial movida por Gustavo Scarpa, também ex-Verdão e hoje no Nottingham Forest. Ele cobra R$ 6,3 milhões.

A Justiça determinou o bloqueio de um malote com cerca de 20 quilos de alexandrita. Aliás, a ação é para servir de garantia no processo que Scarpa move contra Bigode por tê-lo colocado em um suposto esquema de criptomoedas.

A apreensão das pedras por parte da polícia, a pedida da Justiça, surpreendeu advogados de Scarpa e Bigode.

A defesa do atacante protocolou petição na 10ª Vara Cível de São Paulo pedindo informações à Justiça do Acre sobre os motivos da apreensão.

A Justiça de São Paulo já tinha determinado o bloqueio das alexandritas em março de 2023.

No processo, a Xland afirmou que o lote de cerca de 20 quilos de alexandrita valia algo em torno de 500 milhões de dólares (aproximadamente R$ 2,3 bilhões). Porém, a nota fiscal revela que a empresa arrematou por R$ 6 mil.

Por isso, será necessário uma perícia para determinar o valor real das pedras preciosas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade