0

Palmeiras vive momentos de tensão em voo para a Argentina

Avião sofre com ventos fortes, arremete duas vezes e membros da delegação passam mal; houve mudança de rota

21 jul 2019
09h26
atualizado às 09h46
  • separator
  • 0
  • comentários

A viagem do Palmeiras rumo a Argentina para enfrentar o Godoy Cruz pelas oitavas de final da Copa Libertadores foi marcada por momentos de tensão. Por conta dos fortes ventos na região de Mendoza, o avião que levava a delegação Alviverde teve de arremeter duas vezes na tentativa de pouso e acabou tendo sua rota alterada para Rosario.

O jogador Felipe Pires, da SE Palmeiras, durante desembarque, no Aeroporto de Fortaleza
O jogador Felipe Pires, da SE Palmeiras, durante desembarque, no Aeroporto de Fortaleza
Foto: Cesar Greco / Fotoarena/Estadão Conteúdo

De acordo com relatos, membros da delegação acabaram passando mal em decorrência dos momentos de tensão e chegaram a vomitar na aeronave. A arremetida consiste na interrupção do pouso por falta de condições de concretizá-lo e a consequente subida de forma brusca para voltar a ganhar altura e potência a fim de continuar com o voo.

Depois de ser derrotado pelo Ceará por 2 a 0 e ver o fim de sua sequência invicta de 33 jogos no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras partiu direto da Arena Castelão para o aeroporto, de onde pegou um voo fretado da empresa GOL para Mendoza. O trajeto, por conta das condições, foi alterado e a delegação desembarcou em Rosario.

Ainda não há, inclusive, previsão da viagem do Palmeiras para Mendoza, cidade onde será realizada a partida desta terça-feira diante do Godoy Cruz, às 21h30 (de Brasília). A distância do palco do jogo para Rosario, onde a delegação desembarcou, é de cerca de 860 Km.

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade