0

No Mané Garrincha, CSA joga com o Flamengo por reação na luta contra a degola

12 jun 2019
09h22
  • separator
  • comentários

O CSA tem a sua última chance para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa América. Com duas derrotas consecutivas, o time de Marcelo Cabo despencou na classificação e joga contra o Flamengo nesta quarta-feira, às 21h30, pela nona rodada. O time alagoano decidiu mandar o confronto no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

No último domingo, o CSA, ao lado do seu torcedor, amargou uma derrota para o Botafogo por 2 a 1, no Rei Pelé, em Maceió. O resultado manteve o clube com apenas seis pontos, uma vitória e três empates, além de quatro derrotas. A principal preocupação do técnico Marcelo Cabo é com o ataque, o pior da competição: apenas três gols marcados em oito jogos.

Do jogo contra o Botafogo, o técnico Marcelo Cabo perdeu o zagueiro Luciano Castán e o volante Naldo, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. No meio de campo, Matheus Sávio está emprestado pelo Flamengo e não poderá atuar por força de contrato, aumentando o número de baixas do treinador. As mudanças deixam o clube em uma 'saia justa'.

A grande mudanças proposta pelo treinador está na "postura". Cabo quer ver o CSA atuar com uma atitude mais aguerrida e explorando mais os contra-ataques em velocidade. A tendência é que Jonathan Gómez faça a sua estreia no meio de campo, ao lado de Dawhan e Nilton. Didira, mesmo com dores na coxa, viajou com a deleção para a Brasília e deve jogar.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade