0

Torcida aprova Arena, mas reclama do Irã: parece Atlético-PR

16 jun 2014
19h21
atualizado às 20h35
  • separator
  • comentários

O primeiro teste com casa quase cheia na nova Arena da Baixada aconteceu não em um amistoso ou uma partida do Campeonato Brasileiro, mas sim na primeira rodada do Grupo F da Copa do Mundo. O empate sem gols entre Irã e Nigéria, nesta segunda-feira, foi o primeiro jogo perto da lotação máxima – foram 39 mil presentes para 41 mil lugares disponíveis – e, se fora de campo o estádio foi aprovado pela torcida, o mesmo não se pôde dizer do espetáculo no gramado.

<p>Quase lotada, Arena da Baixada foi aprovada pela torcida; já o embate entre Nigéria e Irã não agradou</p>
Quase lotada, Arena da Baixada foi aprovada pela torcida; já o embate entre Nigéria e Irã não agradou
Foto: AFP

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

"O acesso ao estádio foi sem problemas, mas esse jogo está complicado", reclamou o arquiteto Fernando, 32 anos, torcedor do Atlético-PR. "O time do Irã é ruim demais, só joga a bola no 16 (o atacante Reza Ghoochannejhad), e ele tem que se virar. Parece o Atlético com o Marcelo", aproveitou ele para "cornetar" o próprio time.

Nenhum dos torcedores abordados pela reportagem relatou confusões ou defeitos nos serviços da Arena. A maioria entrou poucos minutos antes do início da partida e não encontrou dificuldades. De fato, o Terra não acompanhou nenhum transtorno no decorrer da partida, com filas curtas nos banheiros e lanchonetes, acessibilidade correta para pessoas com mobilidade reduzida e movimentação livre de torcedores.

O advogado Francisco relatou que a espera para comprar comes e bebes nas filas da Arena não passou de oito minutos. "Mudou pouco o acesso, a Arena sempre foi boa", contou ele, apenas para ser interrompido pela mulher, em tom de brincadeira: "boa não, mais ou menos". Coincidentemente, ela vestia uma camisa do Coritiba.

As únicas ressalvas foram a condição do gramado – não estava ruim, mas em um padrão abaixo dos demais estádios vistos até aqui na Copa do Mundo – e a higiene dos banheiros. Como em alguns lugares o acabamento ainda não estava pronto, a poeira acumulada misturada à água das torneiras acabou formando pequenas poças de lama em alguns pontos.

Estádio cujos atrasos nas obras mais preocuparam a Fifa na preparação para a Copa, a Arena da Baixada ficou pronta e vai receber mais três jogos da primeira fase neste Mundial. São eles Equador x Honduras, Espanha x Austrália e Rússia x Argélia.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade