4 eventos ao vivo

Pol Espargaró lamenta resultado "complicado e doloroso" para KTM no GP de Aragão

O espanhol relatou que os problemas começaram ainda no sábado e após uma posição de largada complicado, não pôde fazer muito para recuperar colocações na prova

21 out 2020
09h20
atualizado às 11h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Pol Espargaró terminou em 12º
Pol Espargaró terminou em 12º
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

Pol Espargaró não ficou satisfeito com o desfecho do GP de Aragão da última semana. Cruzando a linha de chegada apenas em 12º, o espanhol destacou como a prova foi complicada não apenas para ele, mas para todos os competidores da KTM.

O irmão mais novo de Aleix largou da mesma posição em que recebeu a bandeira quadriculada. Sua colocação final foi logo atrás de Brad Binder, 11º - e o melhor piloto da fábrica austríaca. Iker Lecuona e Miguel Oliveira ficaram em 14º e 16º, respectivamente.

"No sábado, tudo começou a desandar para nós, começou a ficar um pouco complicado. Largar da 12ª colocação, tudo mudou muito. Largar bem é muito importante. É 50% da corrida, pois na primeira, segunda, terceiras curvas, você perde muito nas primeiras voltas, algo como 4s nas primeiras cinco voltas", disse.

Pol Espargaró lamentou a corrida para a KTM
Pol Espargaró lamentou a corrida para a KTM
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

"É difícil começar tão de trás do pelotão e minha largada não foi boa. Fiquei em uma posição ruim na primeira curva e outros pilotos me ultrapassaram. Foi uma corrida muito, muito difícil e dura para mim. Quando comecei a acelerar, a aderência estava baixa e passei reto em várias vezes", continuou.

"Em uma dessas vezes Brad me ultrapassou e o seguindo consegui ultrapassar [Danilo] Petrucci. Não foi bom, a sensação com a moto não estava boa. O resultado não foi bom para ninguém da fábrica e é doloroso", concluiu o piloto de 29 anos.

Quem também se queixou do GP de Aragão foi Petrucci, mas especificamente sobre Pol Espargaró. O italiano da Ducati criticou o lance do espanhol que tocou sua traseira e o fez perder três colocações.

Após dez etapas disputadas em 2020, Pol aparece na nona colocação da classificação. Os melhores resultados foram três terceiros lugares, tendo ainda três abandonos e quatro provas fora do top-5.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade