PUBLICIDADE

Lutas

Volkanovski minimiza críticas antes de luta com Topuria

De volta ao peso-pena após a derrota para Islam Makhachev, Alexander Volkanovski tem a missão de tentar manter o cinturão da divisão consigo no UFC 298

15 fev 2024 - 22h31
(atualizado às 22h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Volkanovski treinando para luta no UFC 298
Volkanovski treinando para luta no UFC 298
Foto: Divulgação/UFC / Esporte News Mundo

De volta ao peso-pena após a derrota para Islam Makhachev, Alexander Volkanovski tem a missão de tentar manter o cinturão da divisão consigo no UFC 298, neste sábado (17) contra Ilia Topuria. Uma luta que parece muito mais do que uma simples defesa de título para o australiano.

Diante de um lutador invicto na carreira, mais jovem (27 contra 35 do campeão) e que vem na melhor fase de sua trajetória no MMA, não são poucos os que acham que o georgiano radicado na Espanha tem grandes chances de sair de Anaheim com o cinturão em mãos. Algo que parece não incomodar o detentor da cinta.

No 'media day' do UFC 298, Volkanovski declarou 'gostar' das 'narrativas' que estão sendo feitas em relação a um possível declínio de suas habilidades neste momento de sua carreira. Para o campeão dos penas, momentos assim são os que lhe dão maior força para seguir adiante e buscar a vitória.

- Todas essas narrativas, eu amo elas. Todo mundo sabe que eu brilho em momentos assim. Quando mais duvidam de mim, é quando sou melhor - declarou o australiano,

Para saber mais sobre o UFC siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitter, e Facebook.

Na visão do campeão, muito da dúvida sobre seu possível sucesso no octógono contra Topuria se deu por conta da derrota para Makhachev, em luta que teve que aceitar com apenas pouco mais de uma semana de preparação. Para o lutador, se a derrota não acontecesse como aconteceu (nocaute no primeiro round), talvez o pensamento fosse diferente quanto as suas chances.

- Isso não me incomoda. Se, em outubro, eu não fosse lá e acontecesse o que aconteceu, a conversa que estaríamos tendo seria diferente, acreditem em mim. Podem falar o que quiser, que o Ilia vai ser o cara a me vencer. Depois da luta, na coletiva, o papo vai ser diferente - comentou Volkanovski.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade