PUBLICIDADE

L'Étape Brasil de ciclismo será marcado por adaptações e superações

Piloto Ricardo Maurício e apresentador Bruno Vicari relatam desafios para a sétima edição do Tour de France brasileiro

21 set 2021 00h29
ver comentários
Publicidade

A sétima edição do L'Étape Brasil by Tour de France será marcada por adaptações e superações. A prova terá percursos nas versões de 104 quilômetros (completa) e 60 quilômetros pelas estradas de Campos do Jordão (SP). Em um mundo que ainda vive a pandemia, alguns ciclistas amadores precisaram rever os treinamentos para se adaptar. Mas o objetivo maior é chegar bem para o L'Étape, que ocorre no dia 26 de setembro.

Paixão do jornalista Bruno Vicari pelo Tour de France começou em 1997 (Foto: Divulgação)
Paixão do jornalista Bruno Vicari pelo Tour de France começou em 1997 (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

Entre os desafiados desta temporada, destaca-se o nome de um multicampeão no automobilismo. Colecionador de títulos em diversas categorias, Ricardo Maurício vive a expectativa de competir na edição deste ano. Em 2020, por conta de uma etapa da Stock Car, não conseguiu participar.

Ricardo Maurício vive um momento de superação da Covid-19. Em maio, testou positivo e a infecção afetou o pulmão. Após quatro meses, evoluiu bem e agora espera ter um bom desempenho no percurso de 104 quilômetros.

- Comecei a pedalar em 2018, dali para frente não parei mais. Sempre em busca de novos desafios e o mais legal é que os esportes (automobilismo e ciclismo) têm muito a ver. Velocidade, estratégia, esforço físico. Tenho muitas corridas ao longo do ano entre Stock Car, Brasileiro de Endurance e Porsche Cup. Sempre que tenho tempo livre estou treinando - comentou o piloto.

Jornalista trocou a forma de preparação

Para o apresentador dos Canais Disney Bruno Vicari, será um momento de colocar em prática os treinamentos indoor e também mostrar a experiência de já ter competido no mesmo percurso várias vezes. O jornalista esteve presente em quase todas as edições.

- Os treinos estão muito bons. Desde o ano passado, me adaptei aos treinos indoor, acho que têm me ajudado muito, senti uma evolução muito grande. Gostaria de ter feito alguns treinos em Campos do Jordão, não consegui. Talvez perca um pouco nesse sentido, mas de qualquer forma já conheço o local. A gente sempre gostaria de estar mais treinado, mas acho que estou numa condição boa - destacou o jornalista.

Amante do Tour de France desde 1997, quando em uma viagem à França descobriu a competição, sempre acompanha todas as edições e se tornou um especialista da modalidade. Pratica ciclismo três vezes por semana e, quando não consegue treinar, sente durante a rotina do dia a dia.

-Vou fazer o percurso de 104 quilômetros, que foi o percurso que eu fiz todas as vezes que o L'Étape passou por Campos, então é o percurso que já estou acostumado. Muito legal, bem desafiador porque tem o machadinho, antes de Itapeva, quando o pelotão já começa a se dividir. Você encontra o pessoal do seu ritmo a partir dali. A descida da Serra Nova também é muito legal, por ser aquela pista larga e grande. Ano passado estava bem complicada porque estava chovendo. A prova é decidida mesmo na subida da Serra Nova, então tem que guardar energia para esse momento. Por isso a expectativa enorme para mais um L'Étape Brasil''.

O Centro de Eventos André Franco Montoro, em Campos do Jordão (SP), será o novo local do Village do L'Étape Brasil by Tour de France. O espaço vai receber os ciclistas amadores de 24 a 26 de setembro.

Além de ser o local da retirada do kit atleta, grandes marcas e empresas farão a exposição de seus serviços e produtos, entre outras experiências e surpresas para conhecer e testar. A abertura dos portões será na sexta-feira (24), a partir das 12h. No dia seguinte, no sábado (25), o Village funcionará das 9h às 20h. Na data da prova, o espaço fica aberto das 8h às 17h.

O novo local fica no bairro Abernéssia e substituiu o Parque do Capivari, que sediou a concentração dos ciclistas nos últimos três anos e agora está em reforma.

A organização do L'Étape Brasil by Tour de France seguirá tomando as medidas sanitárias e de prevenção necessárias para dar mais segurança a todos em relação à pandemia de Covid-19.

O percurso será 100% fechado para o trânsito de veículos durante o L'Étape Brasil. Os atletas ainda vão contar com motos de apoio, ambulâncias, helicóptero e oficiais de pistas, além de pontos de hidratação, alimentação, apoio mecânico fixo e veículos para suporte espalhados pelo percurso.

Por meio de uma parceria inédita entre iniciativa privada e a A.S.O. - Amaury Sports Organisation, chegou ao Brasil em 2015 um dos mais respeitados eventos esportivos do mundo. Após três bem sucedidas edições nos anos de 2015, 2016 e 2017 na cidade paulista de Cunha, o L'Étape Brasil seguiu para Campos do Jordão, onde realizará o evento pela quarta vez.

Lance!
Publicidade
Publicidade