0

Zagueiro do Peru elogia atuação de Fariñez: 'Foi um super goleiro'

Carlos Zambrano lamentou empate em 0 a 0 contra a Venezuela, pelo grupo do Brasil

15 jun 2019
18h53
atualizado às 20h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A bola teimou em não entrar para a seleção peruana contra a Venezuela, neste sábado. Após dois gols anulados pelo VAR, por impedimentos, e grandes defesas do goleiro venezuelano Fariñez, a equipe de Paolo Guerrero ficou no empate em 0 a 0, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Zambrano vence duelo contra Salamon Rondon, destaque venezuelano (Foto: Jeferson Guareze / AFP)
Zambrano vence duelo contra Salamon Rondon, destaque venezuelano (Foto: Jeferson Guareze / AFP)
Foto: Lance!

No duelo pelo Grupo A, liderado pelo Brasil, a equipe venezuelana teve o zagueiro Mago expulso, aos 29, pelo segundo cartão amarelo. A decisão levou o Peru, que já era melhor, ainda mais ao campo de ataque.
- Foi uma partida complicada, nós sabíamos que seria difícil. A Venezuela cresceu muito. Infelizmente não conseguimos os três pontos. Depois da expulsão, tentamos avançar as linhas, mas o goleiro deles foi um super goleiro, defendeu muito. Importante que fizemos um ponto, agora é pensar na Bolívia - analisou o zagueiro Carlos Zambrano.

Na segunda rodada, o time peruano encara a Bolívia, na próxima terça-feira, no Maracanã. Pensando na classificação, a seleção comandada por Ricardo Gareca entra pressionada pela vitória, porque, depois, na última rodada da fase de grupos, tem a Seleção Brasileira pela frente.

Veja também:

Editor do L! analisa duelo quente nos bastidores antes da decisão da Taça Rio
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade