0

Reforços do Vasco para o Brasileiro ainda lutam para se firmar no time

Jogadores como Carlinhos, Neto Borges, Guilherme Parede, Ygor Catatau e Marcelo Alves têm desempenho oscilante no Cruz-Maltino em temporada marcada por maratona de jogos

22 set 2020
07h04
atualizado às 07h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A rodagem do elenco exigida pela maratona de jogos começa a cobrar o preço no Vasco e o desempenho em campo com a troca de nomes no elenco não é o mesmo que empolgou nas primeiras rodadas no Brasileirão. O treinador Ramon Menezes tem dificuldades de encontrar substitutos que mantenham o nível técnico. Um dos fatores que contribuem para isso é a oscilação dos reforços trazidos no meio do ano. Nomes como Carlinhos, Neto Borges, Guilherme Parede, Marcelo Alves e Ygor Catatau não renderam o esperado e ainda lutam por espaço no grupo.

Reforços não têm rendido o esperado no Vasco (Fotos: Divulgação/Liège; Reprodução/Youtube/ Instagram)
Reforços não têm rendido o esperado no Vasco (Fotos: Divulgação/Liège; Reprodução/Youtube/ Instagram)
Foto: Lance!

O meia Carlinhos, de 26 anos, que poderia substituir Andrey ou Benítez, fez cinco jogos desde a chegada em agosto, apenas dois deles como titular. Nas últimas semanas, convive com problemas físicos que o impedem de ser aproveitado pela comissão técnica e ganhar ritmo. A contratação visava repor a saída de Raul, mas ainda não trouxe o retorno esperado.

Lateral-esquerdo de origem, Neto Borges foi testado como ponta em alguns jogos, mas tem rendido melhor na posição original. O atleta de 24 anos, com passagem pelo futebol belga, tem a concorrência de Henrique, que cresceu de produção com Ramon e assumiu a condição de titular. Ao todo, Neto fez seis jogos, três como titular.

O atacante Guilherme Parede, por sua vez, chegou ao Vasco credenciado por ter feito um bom Campeonato Argentino pelo Talleres. Em sete jogos, o jogador de 25 anos teve apenas uma chance como titular e ainda não balançou a rede. No último domingo, contra o Coritiba, teve uma chance clara mas parou no goleiro.

A dupla de jogadores emprestada pelo Madureira, formada pelo atacante Ygor Catatau e o zagueiro Marcelo Alves chegou a São Januário para avaliação e conseguiu ser aproveitada. Ygor teve um bom desempenho contra o Botafogo, pelo Brasileiro e conseguiu marcar um gol. Em outos momentos teve o desempenho mais discreto. Marcelo também tem altos e baixos e alterna boas atuações com algumas falhas, em especial nas bolas aéreas.

O Vasco tem novo teste na próxima quarta-feira, quando recebe o Botafogo, às 21h30, em São Januário, para fazer o duelo de volta pela quarta fase da Copa do Brasil.

Veja também:

Editor do L! analisa grave crise dentro e fora de campo do Botafogo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade