5 eventos ao vivo

Recurso do Fluminense é aceito, e suspensão de Ganso é reduzida

Pleno do TJD julgou, nesta quinta-feira, o jogador do Tricolor por expulsão nos minutos finais do clássico contra o Fla, no Carioca. Pena do atleta caiu de nove para quatro partidas

11 jul 2019
21h05
atualizado às 22h47
  • separator
  • comentários

O meia Paulo Henrique Ganso foi julgado nesta quinta-feira pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que reduziu a pena do jogador de nove para quatro jogos de suspensão. O gancho é válido somente no Campeonato Carioca de 2020. O jogador foi réu devido à expulsão nos minutos finais do clássico com o Flamengo, pela semifinal da Taça Rio, no primeiro semestre.

Ganso no Fluminense (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
Ganso no Fluminense (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
Foto: Lance!

Na ocasião, Ganso empurrou e ofendeu o quarto árbitro, sendo punido em primeira instância com nove jogos. Ainda cabe recurso ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o que não há confirmação dos envolvidos se será acionado. Por já ter cumprido um jogo de suspensão, Ganso vai desfalcar o Fluminense nas três primeiras rodadas da Taça Guanabara do ano que vem.Por conta do episódio, Ganso chegou a correr o risco de pegar suspensão de até 360 dias. Na súmula da partida, o árbitro Marcelo de Lima Henrique relatou que o meia foi expulso por ter ofendido o quarto árbitro com "vai se f***", e após ser expulso, teria dito "seu babaca", além de ter dado um empurrão e um tapa no braço no mesmo. A denúncia contra o jogador do Fluminense foi com base no artigo 258 (indisciplina) e no artigo 254-A (agressão física).

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade