0

Projeto 'Lutadoras' é lançado para combater à violência contra mulher

Nesta primeira etapa, alguns tópicos serão abordados, como a assistência jurídica e orientações para as vítimas que que queiram denunciar casos de assédio e violência

17 ago 2020
18h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em uma emocionante cerimônia no Ginásio de Basquete do Vasco da Gama, em São Januário, na última sexta (14), foi lançado o projeto "Lutadoras". A ação é uma parceria da Umbra/Vasco, Revista TATAME, Prefeitura do Rio e Pablo Mello, que é enfermeiro, obstetra, sanitarista, especialista em saúde pública, além de ser entusiasta das artes marciais. O movimento visa o combate à violência contra mulher.

Evento foi realizado no Ginásio de Basquete do Vasco da Gama no Rio de Janeiro na última sexta (Foto: Dai Bueno)
Evento foi realizado no Ginásio de Basquete do Vasco da Gama no Rio de Janeiro na última sexta (Foto: Dai Bueno)
Foto: Lance!

Priscila Pedrita, atleta do UFC, Jamile Sandora, lutadora de MMA, Julia Boscher e Michele dos Santos, faixas-pretas de Jiu-Jitsu, além de nomes do Judô, entre outras representantes das artes marciais marcaram presença no evento. As atletas fizeram apresentações de suas respectivas modalidades, discursaram e ainda foram nomeadas embaixadoras do projeto.

Nesta primeira etapa, alguns tópicos serão abordados pelo projeto "Lutadoras", como a assistência jurídica e orientações para as vítimas que que queiram denunciar casos de assédio e violência, com encaminhamento aos órgãos competentes. Além disso, serão disponibilizadas aulas gratuitas de Judô e Jiu-Jitsu para as comunidades próximas à sede da Umbra, palestras e muito mais.

Confira as declarações de importantes personagens que estiveram presente:

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade