0

Presidente do Cruzeiro apresenta reforços, mas não fala de Arrascaeta

O volante Jadson e o lateral Orejuela foram apresentados oficialmente por Wagner Pires de Sá, que não respondeu às perguntas dos jornalistas sobre o imbróglio com o Flamengo

8 jan 2019
18h45
  • separator
  • 0
  • comentários

A apresentação contou com a presença do presidente do clube, Wagner Pires de Sá, que ainda não havia aparecido publicamente na Toca da Raposa.

Wagner Pires esteve na Toca da Raposa II, mas não se pronunciou sobre a negociação do uruguaio- Vinncius Silva
Wagner Pires esteve na Toca da Raposa II, mas não se pronunciou sobre a negociação do uruguaio- Vinncius Silva
Foto: Lance!

Sem responder perguntas dos jornalistas, Pires de Sá falou sobre os reforços e a expectativa do clube com a presença deles no elenco estrelado em 2019, além de reforçar o desejo da Raposa em manter os seus melhores jogadores.

Porém, não se pronunciou sobre as negociações do clube com o Flamengo para a venda de Arrascaeta.

- Primeiro, queríamos manter o time vencedor, depois, trazer atletas da base para completar. E para continuar vencedor tem de ter gente para fazer rodízio, pois o nosso calendário é estressante. Na década de 1960, foi mantendo o time que conseguimos títulos importantes. Também buscamos atletas que possam substituir alguns jogadores, para evitar que a nossa performance caia. Assim buscamos atletas vencedores, no Fluminense o Jádson, que teve atuação excelente, e no futebol internacional buscamos o Orejuela. São dois reforços que passam a fazer parte desta grande família que é o Cruzeiro Esporte Clube- disse o presidente.

Jadson, que acertou contrato por três anos, considera a chegada ao Cruzeiro o maior desafio da sua carreira.

- O Cruzeiro é uma das maiores equipes do Brasil. E os companheiros me receberam muito bem, pude participar de todas as atividades. Eles me acolheram bem e pude estar melhor adaptado. Quando surgiu a possibilidade, fiquei feliz de poder vestir uma camisa como esta. É o maior desafio da minha carreira. Espero aprender muito e, junto com meus companheiros, me tornar cada vez mais competitivo- disse o volante.
Já o lateral Orejuela, que chegou ao Clube depois de passar pelo Ajax, da Holanda, mostrou todo seu entusiasmo na primeira entrevista com a camisa estrelada.

- Estou muito contente de estar aqui, um clube muito grande no Brasil. Sempre quis jogar neste país, ainda mais em um clube com tantos títulos quanto o Cruzeiro. Fui à Europa aprender e retornar à América do Sul, a um grande clube, é uma motivação nova- contou o colombiano.

Orejuela fica no Cruzeiro até o fim de 2019. O jogador foi emprestado sem custos pelo Ajax-HOL para o clube mineiro.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade