PUBLICIDADE

Prefeito do Rio julga ser 'difícil' presença de público em Flamengo x Fluminense pela final do Carioca

Questionado sobre liberação de torcedores na partida, Eduardo Paes assume que fará estudo dos protocolos sanitários, mas vê baixa possibilidade. Decisão pode sair até terça

14 mai 2021 10h24
| atualizado às 10h38
ver comentários
Publicidade

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, assumiu que considera como "difícil" a possibilidade da final do Cariocão 2021, entre Flamengo e Fluminense, contar com a presença de torcedores no Maracanã. Em entrevista, nesta sexta-feira, Paes diz que fará a análise dos protocolos sanitários, como pedido pelo Rubro-Negro, mas não garante público. Primeira decisão será no sábado, ainda sem apoio nas arquibancadas.

Último jogo entre Flamengo e Fluminense com público foi em 2019, ainda pelo Brasileirão (Alexandre Vidal / Flamengo)
Último jogo entre Flamengo e Fluminense com público foi em 2019, ainda pelo Brasileirão (Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: Lance!

- Eu fui procurado por alguns dirigentes. Meu encaminhamento é o que faço sempre, a Secretaria de Saúde analisa e avalia. Eu tenho a impressão que, olhando cá com meus botões, pelo que vejo que acontece pelo mundo, em lugares que já estão mais avançados com a vacina, imagino que seja difícil. Mas é uma decisão da Secretaria de Saúde, das autoridades sanitárias do município, não é minha - disse Eduardo Paes, durante a apresentação do Boletim Epidemiológico do Rio.

O pedido será visto para a partida de volta da final, no próximo dia 22. Na opinião do secretário de Saúde, Daniel Soranz, não é viável ter público nesta semana ainda. Soranz lembra que chegou a receber um protocolo sanitário enviado pelo Flamengo, grande interessado no retorno.

- Para a semana que vem, a gente vai estar fazendo essa análise, mas, se a gente olhar e comparar o que está acontecendo em outras cidades, Estados e locais, isso é bem pouco provável. É óbvio que tecnicamente todas as análises vão ser feitas, mas é muito pouco provável que a gente consiga um liberação já para a próxima semana - comentou ele, que acredita que terá alguma resposta já para a próxima terça-feira.

Na quarta-feira, representantes de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco participaram de uma reunião com a Ferj de forma virtual. O Rubro-Negro se mostrou favorável ao retorno dos torcedores, mas não foi maioria. Representantes de Glorioso, Tricolor e Cruz-Maltino foram prontamente contra a volta de pessoas nos estádios, argumentando, entre outros fatores, que o Rio de Janeiro ainda possui um alto número de casos do novo coronavírus.

Lance!
Publicidade
Publicidade