2 eventos ao vivo

Pablo decide nos acréscimos e São Paulo vence o Botafogo

Camisa 9 marca aos 46 minutos do segundo tempo e dá vitória ao Tricolor, por 2 a 1, sobre o Alvinegro, no Nilton Santos

21 set 2019
13h05
atualizado às 13h14
  • separator
  • 0
  • comentários

O duelo de aspirantes à Libertadores foi definido somente aos 46 minutos do segundo tempo. Pablo marcou o gol salvador para São Paulo, que venceu o Botafogo por 2 a 1, na manhã deste sábado, no início do 'returno' do Brasileirão. Hernanes, pelo Tricolor, e João Paulo, pelo Glorioso, com um belo gol cada, completaram o marcador.

Com o resultado no Nilton Santos, o São Paulo chega aos 35 pontos e pode terminar a rodada no G4. A equipe de General Severiano, por sua vez, fica com 28 pontos, se afastando da briga pela Liberta. As duas equipes voltam à campo já na próxima quarta-feira, às 21h30. O Botafogo visita o Bahia, na Fonte Nova, enquanto o São Paulo recebe o Goiás, no Morumbi.

Divulgação/Botafogo
Divulgação/Botafogo
Foto: LANCE!

NOVO ESQUEMA, VELHOS CAMINHOS
O São Paulo entrou em campo com novidades. Juanfran integrou uma linha de três zagueiros,o que deu liberdade a Daniel Alves e, principalmente, a Reinaldo. Pela esquerda, primeiro em jogada de linha de fundo, e depois, em chute de fora da área, o camisa 6 exigiu duas boas defesas de Gatito.

AMOSTRA GRÁTIS
Aos 21 minutos, em uma pane da defesa tricolor, Bochecha teve duas chances seguidas na grande área, mas bateu fraco em ambas. E aí, "quem não faz, toma". Hernanes, em uma demonstração de suas melhores qualidades, iniciou a jogada de trás, infiltrou na grande área, tirou Benevenuto e finalizou de pé esquerdo, no cantinho, abrindo o placar no Nilton Santos.

NO TALENTO DOS MEIAS
O São Paulo ainda acertou a trave em cabeceio de Pablo. Mas antes do fim da etapa inicial, o Glorioso empatou: Bochecha atraiu três marcadores e abriu para João Paulo, que venceu a marcação de Juanfran e chutou bonito, de chapa, tirando de Volpi. Tudo igual em 45 minutos de equilíbrio.

O Botafogo já não marcava com a mesma intensidade de antes e o São Paulo, oxigenado pelas entradas de Antony e Everton, tinha mais volume de jogo. O Alvinegro conseguia equilibrar nos contra-ataques e o duelo parecia se encaminhar para o empate. Até que, aos 46 minutos, em bola parada, Arboleda escorou para Pablo, já caído, vencer Gatito e decretar a vitória da equipe paulista - que se reafirma na corrida pela Libertadores.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 1 SÃO PAULO

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data-hora: 21/09/2019, às 11h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) - Nota L!: 7,0 - Controlou bem o jogo e calmou os ânimos quando preciso.
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Leirson Peng Martins (RS)
VAR: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes de VAR: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
Gramado: Bom
Público e renda: 15.821 pagantes/ 18.471 presentes / R$414.516,00
Cartões amarelos: Cícero, Luiz Fernando, Fernando (BOT); Hernanes (SAO)
Cartões vermelhos: não houve.

GOLS: Hernanes 36'/1ºT (0-1), João Paulo 45'/1ºT (1-1)

BOTAFOGO
Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel, Gilson; Cícero, João Paulo, Gustavo Bochecha (Valencia, 19'/2ºT); Marcinho, Victor Rangel (R. Pimpão, 29'/2ºT) e Luiz Fernando (Alan Santos, 42'/2ºT). Técnico: Eduardo Barroca

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves e Arboleda; Daniel Alve, Luan (Igor Gomes, 39'/2ºT), Tchê Tchê, Hernanes (Everton, 13'/2ºT) e Reinaldo; Toró (Antony, 13'/2ºT) e Pablo.Técnico: Cuca

Veja também

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade