1 evento ao vivo

Odair valoriza reação do Fluminense e opina: 'Merecíamos a classificação'

Treinador ressalta que os erros do primeiro tempo foram determinantes para o resultado, mas destaca pontos positivos da equipe diante de um 'rival consolidado'

13 fev 2020
00h22
atualizado às 01h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Odair Hellmann lamentou a derrota para o Flamengo, que causou a eliminação do Fluminense da Taça Guanabara. O primeiro tempo ruim, na avaliação do treinador, foi primordial para o Tricolor não obter a classificação. No entanto, o comandante ressaltou o espírito de luta da equipe, que poderia ter saído de campo pelo menos com o empate.

Odair Hellmann preferiu destacar os pontos positivos da equipe (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Odair Hellmann preferiu destacar os pontos positivos da equipe (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Lance!

- Tivemos um poder de reação muito grande, contra um rival consolidado, e tivemos capacidade e espírito para melhorar. Nós fizemos o 3 a 1, nós fizemos o 3 a 2, nós fizemos o 3 a 3 e o 4 a 3, mas não valeu. Fomos melhor tanto que o Flamengo fez cera, coisa que eu não via tem muito tempo. O importante é visualizar essa situação que não podemos dar esses erros para os adversários. Na minha visão merecíamos o empate e a classificação - avaliou.Ao fim da partida, a torcida tricolor aplaudiu a equipe, reconhecendo o esforço e a entrega em campo. Essa situação foi valorizada por Odair Hellmann, que fez questão de ressaltar que não está conformado com a derrota:

- A derrota está me doendo e doendo em todo mundo, mas a torcida valorizou, tanto que nos aplaudiu. Criamos muito contra o Flamengo e isso indica que estamos no caminho certo.

OUTRAS RESPOSTAS DE ODAIR HELLMANN

Análise do jogo
- Primeiro tempo não fomos bem, cometemos erros em uma bola parada e o segundo em uma saída de bola nossa. Tomar dois gols desestabiliza. São situações que acontecem, imagina para uma equipe que está começando agora. A gente não conseguiu fazer a construção lá de trás. As dificuldades aconteceram pelos gols que aconteceram cedo. No segundo tempo, o Evanilson perde uma oportunidade, antes de tomarmos o terceiro.

Faltou vontade?
- Não posso falar de vontade dos jogadores, que demonstraram no 1º e no 2º. Parece que não tiveram porque o adversário estava melhor. No momento em que estávamos encaixados, não levamos gols. Um foi de bola parada, outro foi de erro na saída e o 3º de contra-ataque.

Discussão com Jorge Jesus
- Não discutimos. O Gabriel veio pedir calma para mim por conta do VAR e eu disse que era fácil para ele porque estava ganhando o jogo. Aí o Jesus veio e falávamos normalmente.

Dois volantes de contenção
- Os dois não são primeiros volantes e eu repeti a escalação que foi muito bem contra o Botafogo. Queria priorizar o conjunto. Ainda estamos em busca de uma característica, não só com os volantes. Temos muito a melhorar, mas estamos no caminho certo.

Mexidas no intervalo

- Precisávamos quebrar as linhas, com o Caio e Fernando Pacheco. Entrou o Ganso para ter o passe de infiltração. A ideia foi essa, dar velocidade e o passe

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade