3 eventos ao vivo

Neymar se diz 'tranquilo' e frisa: 'Verdade aparece cedo ou tarde'

Após depoimento e pela primeira vez, jogador falou à imprensa sobre o caso em que está sendo acusado de estupro; Promotora afirmou que o atleta respondeu todas as perguntas

13 jun 2019
23h05
atualizado em 14/6/2019 às 09h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Acusado de estupro e agressão pela modelo Najila Trindade, o atacante da Seleção Brasileira e do PSG, Neymar realizou, nesta quinta-feira, o depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher. O jogador demorou, aproximadamente, três horas para apresentar sua defesa perante ao caso. Em rápido contato com a imprensa, o atleta afirmou que está tranquilo e que a verdade vai aparecer em algum momento.

Neymar chegou de muletas por conta lesão que o tirou da Copa América (Foto: AFP)
Neymar chegou de muletas por conta lesão que o tirou da Copa América (Foto: AFP)
Foto: Lance!

- Vou ser breve hein... Só agradecer o apoio, agradecer o carinho de todo mundo que tá mandando mensagens. Todas as mensagens que recebi até hoje. Dizer que estou muito tranquilo. A verdade aparece cedo ou tarde. Único desejo que tenho nesse momento agora é que esse caso acabe o mais rápido possível - disse Neymar.

Foi a primeira vez que o jogador deu uma declaração à imprensa sobre o caso. Antes, Neymar havia apenas se manifestado através de vídeo em seu Instagram, onde negou os fatos e mostrou conversas e imagens de Najila.

Um ponto que se pode ressaltar foi a chegada de Neymar. Antes de realizar o depoimento, ele chegou de muletas com seus advogados em uma van escoltada por duas viaturas da polícia. A delegacia, situada em Santo Amaro, na Zona Sul da cidade, teve esquema de segurança reforçado.
A promotora Flávia Cristina Merlini, do Enfrentamento à Violência Doméstica, designada pelo Ministério Público de São Paulo para acompanhar o caso, afirmou que ele respondeu a todas as perguntas de maneira satisfatória e negou o crime de estupro.

- Ele respondeu a todas as perguntas de maneira satisfatória. A partir de agora a dr. Juliana [delegada responsável pelo caso] tomará as outras diligências até a conclusão do inquérito. Como ele é sigiloso, não podem divulgar quais são essas diligências - afirmou.

O que Neymar disse em seu depoimento, no entanto, está em segredo de justiça por se tratar de investigação de crime sexual. Foi a segunda vez que o jogador comparece a uma delegacia. No dia 6, no Rio de Janeiro, o atacante prestou depoimento por cerca de uma 1 hora e 40 minutos em uma delegacia da Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio.

Vale lembrar, que Najila Trindade também prestou seu depoimento na Delegacia de Defesa da Mulher na última sexta-feira. Ela foi ouvida por cerca de 4h30 pela delegada Juliana Lopes Bussacos, que coordena as investigações.

No futebol, o jogador foi cortado da Seleção Brasileira para a Copa América. Além de todas as polêmicas envolvendo o jogador, ele teve uma lesão no tornozelo, que impossibilita de disputar o torneio.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade