0

Membro da família Gracie condena caso de agressão de Ralph Gracie

Caso de agressão de Ralph Gracie a Flávio Almeida - popularmente conhecido como 'Cachorrinho' - em dezembro passado no Mundial de Jiu-Jitsu

12 jan 2019
14h26
  • separator
  • comentários

No último mês de dezembro, na Califórnia, nos Estados Unidos, durante o Mundial sem quimono da IBJJF, aconteceu caso de agressão de Ralph Gracie a Flávio Almeida - popularmente conhecido como "Cachorrinho". A TATAME recebeu uma carta aberta de Carlos Gracie Jr, fundador da Gracie Barra, equipe onde Flávio é um dos principais executivos, além de ser membro da tradicional família Gracie, assim como Ralph.

Carlos Gracie Jr divulgou uma carta aberta para Ralph Gracie sobre o caso de agressão no Mundial (Foto: Reprodução)
Carlos Gracie Jr divulgou uma carta aberta para Ralph Gracie sobre o caso de agressão no Mundial (Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

Na longa carta, o fundador da equipe, sem citar nomes, descreveu o ato como "bárbaro" e "covarde". Em um trecho, Carlos Gracie Jr cita o fato de Ralph ter "crescido ao seu lado" e conquistado "prosperidade financeira" através do trabalho feito dentro do Jiu-Jitsu.

- Apesar de terem crescido ao meu lado, não tiveram a capacidade de absorver os fluidos positivos e a filosofia do Jiu-Jitsu. Eles seguiram seus próprios caminhos, construíram suas próprias vidas e conseguiram atingir abundância e prosperidade financeira. Entretanto, não conseguiram plenitude ou conquistar o maior presente da vida: a felicidade - disse.

Confira na íntegra a carta aberta de Carlos Gracie Jr:

Me sinto no dever de expressar algumas palavras sobre o ataque ao Professor Flávio Almeida, meu aluno, companheiro e amigo que vem se empenhando em criar algo positivo de ajuda a humanidade através do Jiu-Jitsu e da Gracie Barra.

O que mais entristece não é somente o ataque físico ocorrido. Mas também os sentimentos negativos e destrutivos que motivaram esse grupo de agressores a cometerem um ato de violência tão bárbaro e covarde contra um membro da nossa equipe.

A Gracie Barra tem como objetivo desenvolver um trabalho de ajuda ao próximo através do Jiu-Jitsu. Trabalhamos com o propósito de levar um estilo de vida saudável para o maior número de pessoas possível, criando um ambiente de amizade e cooperação entre todos.

Defendemos uma filosofia de saúde, amizade, cooperação e pregamos a não violência, só sendo essa admitida como último recurso em situações extremas que requerem a auto defesa. Esses valores fazem da nossa equipe um movimento de prosperidade e felicidade, impactando positivamente todas as pessoas que fazem parte da Comunidade Global da Gracie Barra, assim como a comunidade do Jiu-Jitsu em geral.

Infelizmente, alguns indivíduos se sentem incomodados com o nosso sucesso e interpretam o nosso estado emocional positivo como uma ofensa. Apesar da prosperidade da nossa equipe ajudar a elevar o nível de profissionalismo e a experiência de alunos de Jiu-JItsu ao redor do mundo, essas pessoas reagem de forma imatura e egoísta nutrindo sentimentos e pensamentos negativos contra mim e tantos outros líderes do nosso time.

O estado mental desses indivíduos me deixa realmente triste e preocupado. Essas pessoas deveriam estar felizes de ver o sucesso da Gracie Barra. Apesar de terem crescido ao meu lado, não tiveram a capacidade de absorver os fluidos positivos e a filosofia do Jiu-JItsu.

Eles seguiram seus próprios caminhos, construíram suas próprias vidas e conseguiram atingir abundância e prosperidade financeira. Entretanto, não conseguiram plenitude ou conquistar o maior presente da vida: a felicidade.

Ficam extremamente perturbados com o sucesso alheio e incomodados ao ver alguém trabalhando de forma eficaz e apaixonada em prol de objetivos maiores fazendo a diferença para o Jiu-Jitsu e para a humanidade. Gostaria muito de ajuda-lós.

Mas infelizmente não tenho o poder de mudar o estado mental deles que me parece enraizado em crenças perniciosas, egoístas e auto-destrutivas.

A Gracie Barra não vai se intimidar com esse atentado. Vamos continuar o nosso trabalho focado em melhorar a vida das pessoas através do Jiu-Jitsu. Seguimos dedicados ao desenvolvimento e expansão da nossa equipe, renovando as nossas energias e motivação, para conquistar metas grandiosas em prol do Jiu-Jitsu.

Espero que esse episódio sirva para elevar a consciência de todos dentro do esporte para que o Jiu-Jitsu continue sendo utilizado exclusivamente como ferramenta de auto-defesa e melhoria da qualidade de vida das pessoas e jamais como um instrumento para violência e atos destrutivos.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade