PUBLICIDADE

LANCE!

Meia da Arábia Saudita sobre derrota: 'Quero pedir desculpas'

Al-Jassim se desculpou com os torcedores após derrota, para Rússia, na estreia por 5 a 0. Capitão da seleção e dirigente também se manifestaram após a goleada

16 jun 2018 - 11h43
Compartilhar
Exibir comentários

A Arábia Saudita tenta virar a chave da goleada sofrida na estreia da Copa do Mundo, na última quinta-feira, quando perdeu de 5 a 0 para a anfitriã Rússia. Pressionados pela torcida e a imprensa, Turki Al-Sheikh, chefe da Entidade Geral de Esportes da Arábia Saudita, criticou publicamente a seleção. O meia Al-Jassim e o zagueiro Hawsawi se manifestaram, após a derrota e tentaram passar confiança para os próximos jogos.

A estreia não foi boa para a Arábia Saudita (Foto: Mladen Antonov/AFP)
A estreia não foi boa para a Arábia Saudita (Foto: Mladen Antonov/AFP)
Foto: Lance!

- Eu quero pedir desculpas aos torcedores. Nós estávamos nos sentindo bem na nossa preparação e não esperávamos que algo assim pudesse acontecer - disse Al-Jassim

Já o capitão dos sauditas, o zagueiro Osama Hawsawi tentou explicar a derrota e ressaltou os erros que os jogadores cometeram que propiciaram uma vitória tão elástica contra os donos da casa. O capitão destacou a atuação da Rússia, que soube se aproveitar dos pontos fracos dos sauditas.

- A Rússia se aproveitou dos nossos erros. Após o segundo gol, ficou muito difícil para nós. Eles souberem usar melhor os espaços do campo e nós fomos incapazes de pressioná-los - explicou o zagueiro

Os dois jogadores, porém, acreditam que a Arábia Saudita tem tudo para reverter a situação nos próximos jogos. Enquanto Al-Jassim ressalta que é necessário "reverter essa situação contra o Uruguai e Egito", o capitão Hawsawi chamou a responsabilidade para os jogadores.

- Ainda temos dois jogos. Nós controlamos nosso destino e agora nós temos que focar no próximo jogo - disse o capitão

A derrota foi criticada pelo chefe da Entidade Geral de Esportes da Arábia Saudita, Turki Al-Sheikh, aumentando a pressão nos próximos jogos. O dirigente relembrou que a Arábia Saudita teve uma boa preparação, com muitos amistosos antes do início da competição.

- Nós fizemos de tudo para preparar a seleção para o torneio. Foi apenas um jogo, mas nós esperamos uma atuação muito melhor contra o Uruguai - finalizou Turki A-Sheikh

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade