PUBLICIDADE

Mauro Cezar para Júlio César: 'Um vexame não apaga o outro'

Comentarista se comparou ao goleiro Ter-Stegen pela goleada sofrida pelo Barcelona contra o Bayern

14 ago 2020 21h48
| atualizado em 15/8/2020 às 09h06
ver comentários
Publicidade

A histórica goleada do Bayern de Munique contra o Barcelona por 8 a 2 contou com uma ironia do destino. Na transmissão, um dos comentaristas foi o goleiro Júlio César, arqueiro do Brasil na goleada de 7 a 1 sofrida para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014.

Júlio César foi o goleiro do Brasil na goleada para a Alemanha por 7 a 1 (Foto: AFP)
Júlio César foi o goleiro do Brasil na goleada para a Alemanha por 7 a 1 (Foto: AFP)
Foto: LANCE!

Cotado como um dos maiores goleiros do mundo, o alemão Marc-André Ter Stegen levou oito gols. A situação levou ao ex-goleiro a comparar sua situação na goleada com a do arqueiro do Barcelona durante a transmissão do Esporte Interativo.

"Me criticam bastante... Hoje o Ter Stegen, para muitos o melhor goleiro do mundo, tomou 8 gols. O futebol é assim", afirmou.

Quem discordou do comentário do ex-goleiro foi o jornalista Mauro Cezar Pereira, que usou sua conta no Twitter para afirmar que um vexame não minimiza o outro.

"Um vexame não minimiza outro e o 7 a 1 segue exclusivo. Tentar amenizar não vai colar, Júlio César. Saudações", comentou.

Lance!
Publicidade
Publicidade