0

Marinho chega a partida decisiva como artilheiro do Santos em apenas três jogos

Com os dois gols marcados na última rodada da primeira fase, contra o Novorizontino, atacante empatou com Arthur Gomes, Eduardo Sasha e Raniel no quesito em 2020

30 jul 2020
06h01
atualizado às 13h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com apenas três jogos em 2020, Marinho chega às quartas de final do Campeonato Paulista, nesta quinta, às 21h30, na Vila Belmiro, contra a Ponte Preta, como um dos artilheiros do time no ano e na competição.

Marinho tem 31 jogos pelo Santos e 10 gols (Foto: Reprodução/Twitter)
Marinho tem 31 jogos pelo Santos e 10 gols (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Lance!


O Peixe tem o pior ataque entre as equipes classificadas para o mata-mata do estadual, com 13 gols, e com os dois marcados pelo camisa 11 na derrota de virada por 3 a 2 contra o Novorizontino, no último domingo, pela 12ª rodada do Paulistão, na Arena Corinthians, em Itaquera, ele se igualou na artilharia santista em 2020 com Arthur Gomes, Eduardo Sasha e Raniel. Dentre eles, o "mini-míssil" será o único titular contra a Macaca.

Arthur estará entre os relacionados, mas deve começar a partida entre os reservas, já Raniel, com um trauma no joelho esquerdo, é desfalque. Eduardo Sasha está em litígio judicial com o Peixe e não trabalha com o grupo desde o dia 19 de julho.

Embora tenha atuado em três oportunidades nesta temporada, Marinho não jogou 90 minutos em nenhuma oportunidade e totaliza 173 minutos em campo esse ano, o que não chega ao tempo de duas partidas inteiras. O atleta se contundiu aos 30 minutos do segundo no empate em 0 a 0 contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do Paulistão, fraturando o pé esquerdo e ficando parado durante três meses. Quando estava prestes a retornar, quem paralisou foi o futebol, por conta da pandemia do novo coronavírus. No total, foram seis meses sem jogar.

Marinho voltou aos 15 minutos do segundo tempo no empate em 1 a 1 contra o Santo André, na última quarta-feira, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, quando entrou no lugar de Kaio Jorge, retornando a titularidade contra o Novorizontino no último fim de semana.

Contratado maio do ano passado, tornou-se um dos grandes personagens do elenco santista, ao lado de Carlos Sánchez e Soteldo. Contra a Ponte, será a primeira vez que o trio jogará juntos no ano.

Veja também:

Final do Paulistão e início do Brasileiro são os destaques do fim de semana
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade