PUBLICIDADE

Luan afirma que 'não há outro resultado a não ser vitória' para o Corinthians contra o Huancayo

Meia voltou a marcar depois de quase quatro meses, no último domingo (2), e deve ser titular contra o time peruano, pela Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (6)

6 mai 2021 11h02
ver comentários
Publicidade

Para o Corinthians, o duelo desta quinta-feira (6), às 21h30, contra o Sport Huancayo, pela terceira rodada do grupo E da Copa Sul-Americana é vencer ou vencer, e o próprio meia-atacante Luan, provável titular para esse duelo, garante que apenas a vitória interesse contra os peruanos.

Luan tem conseguido a sequência de jogos que foi até cobrada publicamente (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Luan tem conseguido a sequência de jogos que foi até cobrada publicamente (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

Isso, porque o Timão conquistou apenas um dos seis primeiros pontos disputados até aqui. Com um empate sem gols contra o River Plate (PAR), lanterna do seu campeonato local, em Assunção, e uma derrota, em plena Neo Química Arena, para o Peñarol (URU), na última semana, os corintianos terão que colocar a calculadora e o secador em ação para lutar pela única vaga da chave às oitavas de final.

- Pra gente não tem outro resultado a não ser a vitória, a gente tem que buscar a todo tempo, tem que ganha. A gente sabe que depois que a gente perdeu para o Peñarol dificultou um puco, mas é acreditar, acreditar e ganhar as partidas, e vamos ver o que nos reserva pra gente lá na frente, mas não tem outro pensamento a não ser ganhar e ganhar e vamos em busca da vitória amanhã - comentou o atleta

Após voltar a ter sequência pelo Corinthians, o meia-atacante Luan também se reencontrou com as redes, no último fim de semana, quando o Timão empatou em 2 a 2 contra o São Paulo, na Neo Química Arena, pela décima rodada do Paulistão. O camisa sete anotou o primeiro tento corintiano, que ajudou a manter o tabu de nunca ter perdido para o Tricolor em Itaquera.

O jogador não balançava as redes desde o dia 13 de janeiro e o seu retorno ao "modo artilheiro" veio em boa hora, já que o Timão precisa de quatro vitórias nos próximos quatro compromissos pela Sul-Americana, além da importância de um bom saldo de gols, que pode ser critério de desempate, caso os corintianos vençam o Peñarol (URU), no dia 13 de maio, em Montevidéu, e os aurinegros sejam derrotados em pelo um dos seus encontros diante do River Plate (PAR) e Sport Huancayo (PER).

- Feliz de estar nesse momento, voltar marcar gols, dar assistência, ajudar os meus companheiros dentro de campo, continuar trabalhando pra melhorar sempre mai. Fico feliz de começar a jogada, dar passe, ajudar na marcação o que importa é o Corinthians ir bem, a gente melhorar a cada jogo - pontuou o camisa sete.

Contratado no início do ano passado, junto ao Grêmio, por R$ 28,9 milhões, por 50% do passe, Luan ainda não se firmou como se esperava no Timão. Até aqui, são seis gols marcados (oito, se contabilizarmos os jogos da Flórida Cup, do ano passado) em 51 (53) partidas com a camisa corintiana.

Lance!
Publicidade
Publicidade