PUBLICIDADE

Jogador da Inglaterra deixa a Rússia para ver nascimento de filho

Fabian Delph foi liberado com aval do treinador para voltar a seu país e não deve voltar a tempo da partida contra a Colômbia, nesta terça-feira, pelas oitavas da Copa do Mundo

2 jul 2018 13h15
ver comentários
Publicidade

Fabian Delph deixou a concentração da seleção da Inglaterra na Rússia e não deve retornar para enfrentar a Colômbia nesta terça-feira, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O motivo é nobre e em comum acordo com a comissão técnica: o meio-campista voltou ao seu país para ficar ao lado da esposa, Natalie, e acompanhar o nascimento de seu terceiro filho. O atleta está liberado desde o último sábado, sem data para retornar ao Mundial.

Delph foi titular na derrota da Inglaterra para a Bélgica pela última rodada do grupo (foto: AFP)
Delph foi titular na derrota da Inglaterra para a Bélgica pela última rodada do grupo (foto: AFP)
Foto: Lance!

- Nós pensamos que há coisas na vida mais importantes do que futebol. A mulher dele está prestes a dar a luz. Estamos em um torneio importante, mas a família é mais - afirmou o treinador da Inglaterra, Gareth Southgate, na véspera da decisão contra os colombianos, nesta segunda, em Moscou.

Desde o início do Mundial, Delph já tinha dito à comissão técnica que "a família vem em primeiro lugar". O técnico inglês deixou seu atleta à vontade.

- Num momento como esse, os jogadores recebem nosso apoio. Tenho uma equipe de jogadores com caráter, há um laço muito forte. Só tenho coisas boas a dizer do caráter de Delph. Ele também tem de pensar em sua família. Só tem uma chance de estar no Mundial, mas seu filho só nasce um dia também.

Fabian Delph foi titular da Inglaterra na derrota por 1 a 0 contra a Bélgica, quando Southgate escalou a maioria de reservas. O meio-campista de 28 anos, atleta do Manchester City, entrou em campo durante a vitória por 6 a 1 contra o Panamá e ficou no banco no duelo em que seu time venceu a Tunísia.

A Inglaterra encara a Colômbia nesta terça, às 15h de Brasília, em Moscou.

Lance!
Publicidade
Publicidade