1 evento ao vivo

Kane x muralha sueca: o duelo de estilos pela semifinal

Inglaterra tem o artilheiro da Copa, enquanto Suécia é a defesa menos vazada

7 jul 2018
07h16
atualizado às 09h23
  • separator
  • 0
  • comentários

"Football's coming home" é o que cantam os torcedores ingleses animados pela boa campanha na Copa do Mundo. Porém, o grito de "o futebol está voltando para casa" pode ser refletido também na Suécia, rival inglesa nas quartas de final. Duas camisas tradicionais, históricas, que passaram anos sem grandes conquistas e agora retornam aos holofotes na Rússia. Elas se enfrentam neste sábado, às 11h (de Brasília), em Samara, em um duelo de opostos: o artilheiro do Mundial contra a melhor defesa do torneio.

São seis gols em três partidas neste edição, uma média de dois tentos a cada vez que entra em campo. Harry Kane é o grande destaque inglês nesta Copa do Mundo e pode ser considerado o principal jogador desta edição de Mundial. Apesar de ter atuação apagada contra a Colômbia, nas oitavas de final, mostrou presença ao converter seu pênalti decisivo quando foi necessário - no tempo normal e também na disputa da marca da cal.

Kane também foi o artilheiro das duas últimas edições da Premier League, na última com 36 gols em 31 jogos pelo Tottenham. Na disputa pela 'Chuteira de Ouro', ficou em terceiro lugar, atrás de Lionel Messi e Mohammed Salah. Aos 24 anos, desponta como um dos melhores centroavantes em atividade no futebol mundial e terá a chance de ajudar a Inglaterra a chegar em uma semifinal mais uma vez.

Suécia x Kane: duelo acontece neste sábado, às 11h, em Samara
Suécia x Kane: duelo acontece neste sábado, às 11h, em Samara
Foto: Lance!

 

"Estou fascinado com Harry Kane. Ele sentirá orgulho em liderar seu país a uma vitória em uma partida de Copa do Mundo. E essa é a coisa mais importante. Está sempre na sua cabeça que será um daqueles dias. Trabalhamos duro para os 90 minutos", declarou o treinador Gareth Southgate ao elogiar o camisa 9 da Inglaterra.

Southgate tem poucas dúvidas para a escalação. O atacante Jamie Vardy sentiu uma lesão na virilha e pode não entrar em campo. Já as boas notícias ficam por conta de Dele Alli, recuperado de dores na coxa, e Ashley Young, recuperado de pancada no tornozelo. A Inglaterra deve ir a campo com Pickford; Walker, Stones, Maguire; Trippier, Henderson, Alli, Young; Lingard, Sterling; Harry Kane.

Já a Suécia é um time que pode não ter grandes valores individuais, mas se destaca pela consistência defensiva. Assumiu o posto de melhor defesa da competição - ao lado da Croácia - após ver o Brasil sofrer dois gols contra a Bélgica. Nos quatro jogos que realizou, privilegiou a marcação com duas linhas de quatro e a saída nos contra-ataques. Tendência que deve se repetir na partida contra a Inglaterra.

A média de altura dos jogadores da Suécia é a quarta maior entre as seleções que entraram na disputa do Mundial (1,85m), o que facilita o jogo aéreo dos comandados do técnico Jan Andersson. Destaques para Olsen, o segundo goleiro com mais defesas do torneio, Augustinson, considerado um dos melhores laterais-esquerdos do Mundial, e o zagueiro Granqvist, que está preparado para enfrentar Harry Kane.

"Kane é um grande atacante, muito perigoso dentro da área e vai ser muito duro enfrentá-lo, mas vamos fazer tudo o possível para pará-lo. Vamos partida a partida. Estar nas quartas de final de um Mundial já é muito grande. Esperamos conseguir um bom resultado amanhã. E, se conseguirmos, já pensaremos no próximo jogo", declarou o defensor.

Para a partida deste sábado, o técnico Jan Andersson terá o retorno do meia Sebastian Larsson, que cumpriu suspensão nas oitavas de final. Outro que retorna é o volante Albin Ekdal, que se recuperou de lesão no pé direito. A Suécia deve ir a campo com: Olsen; Krafth, Lindelöf, Granqvist, Augustinsson; Claesson, Gustav Svensson, Ekdal, Forsberg; Marcus Berg e Toivonen.

Veja também

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade