PUBLICIDADE

Galvão fala sobre 'confronto político' em torno da Copa América: 'Peço a Deus que essa loucura não aconteça'

Participando da atração ao lado do narrador, Casagrande foi outro que se mostrou contrário à realização do evento

1 jun 2021 12h38
ver comentários
Publicidade

Galvão Bueno comentou sobre a mudança de sede da Copa América deste ano da Argentina para o Brasil, mesmo com as condições sanitárias daqui sendo piores do que no país vizinho. Para o narrador e apresentador do 'Bem, Amigos', a realização do evento, que teve aval do presidente Jair Bolsonaro, se tornou um 'confronto político'.

Galvão Bueno não gostou da mudança da sede da Copa América (Foto: Reprodução/SporTV)
Galvão Bueno não gostou da mudança da sede da Copa América (Foto: Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

- O que era para ser um evento esportivo começa a me parecer que virou um evento e um confronto político. Não sou médico e não sou cientista. Mas ouvi muitos hoje. E quem é que corre o risco? É a nossa saúde. A saúde pública da América. Eu peço a Deus que alguém tenha uma crise de bom senso e que essa loucura não aconteça - declarou o narrador.

A Copa América, inclusive, encontra resistência dentro do Brasil, no meio de senadores e governadores, como João Dória, de São Paulo, de estados que já se pronunciaram contrários a realização do evento em seus territórios.

Participando da atração, Casagrande foi outro que se mostrou contrário à realização do evento.

- Eu estou indignado com o que está acontecendo no nosso país - afirmou Casagrande.

Lance!
Publicidade
Publicidade