PUBLICIDADE

Flamengo fecha parceria para a disputa da Série A da Liga Brasileira de Free Fire em 2021

Acordo, liderado pela Red Button, firma parceria com a TRT Gaming para manter o Rubro-Negro dentro da elite do Free Fire

14 jan 2021 11h28
| atualizado às 11h28
ver comentários
Publicidade

O Flamengo fechou uma parceria para a disputa da Série A da Liga Brasileira de Free Fire. A TRT Gaming passará a ser a responsável pela administração da equipe e pela sua permanência na elite da LBFF em 2021. A empresa terá o sublicenciamento da marca do tradicional clube, que contará com TTT como técnico. A negociação teve participação da empresa Red Button, agência de talentos que já atua como fornecedora de talentos para o seu time de influenciadores do Rubro-Negro.

Flamengo terá novidades na equipe de Free Fire (Foto: Divulgação)
Flamengo terá novidades na equipe de Free Fire (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

- Esse é um aspecto do nosso trabalho que muitas vezes passa despercebido, mas que é muito importante. Observar boas oportunidades de negócios para nossos clientes. A Red Button já tinha um bom relacionamento com a Simplicity, que lidera a iniciativa do Flamengo nos E-sports, e quando a possibilidade de oferecer uma vaga no principal campeonato de Free Fire do cenário surgiu, não deixamos ela escapar. O sublicenciamento permite que a tradicional tag do FLA continue representando o clube neste importante cenário - comentou Alessandro Ferreira um dos sócios da Red Button.

Com essa mudança na administração, o time passa a se chamar apenas 'Flamengo Esports', não tendo mais seu nome atrelado a nenhuma outra marca e voltando a abraçar os valores que sempre estiveram presente na tradicional equipe carioca. Com esta movimentação, a line up de jogadores que vão defender o clube, passa por uma reformulação e será anunciada em breve nos canais oficiais do time.

- O Flamengo Esports iniciou sua trajetória no Free Fire na última temporada, e agora é hora de dar mais um passo adiante nesse cenário. Temos a exata noção do quanto ele é importante para o público brasileiro e para os rubro-negros, então vamos nos dedicar muito para fazermos um grande ano nesse novo projeto - disse Fred Tannure, diretor do Flamengo Esports.

A nova administradora do time de Free Fire, a TRT Gaming surgiu de um projeto particular dos influenciadores Petiiz e Capitão Marulho, amigos no jogo. Eles decidiram criar um time com TTT encabeçando a comissão técnica no momento em que surgiu a oportunidade para competir na Série A da LBFF através da aquisição da vaga da KPA, que no ano passado conquistou a tão almejada posição.

A Red Button foi contratada para auxiliar na comercialização do time e acabou trazendo esta oportunidade de ouro, onde o time se tornou 'Flamengo Esports'. Os sócios, criadores de conteúdo de Free Fire, prometem uma estrutura completa para a equipe, além de atuarem ativamente para o desenvolvimento do projeto.

Lance!
Publicidade
Publicidade