PUBLICIDADE

Federação egípcia será investiga por gastos na Copa

Segundo o jornal 'Erem News', entidade é acusada de sonegar R$ 8 milhões

1 jul 2018 15h51
| atualizado às 16h11
ver comentários
Publicidade

A Federação Egípcia de Futebol será investigada por gastos excessivos de dinheiro durante a Copa do Mundo. Segundo o jornal "Erem News", o procurador-geral do Egito Nabil Sadek abriu o pedido.

Federação egípcia será investiga por gastos excessivos na Copa (Foto: NICOLAS ASFOURI / AFP)
Federação egípcia será investiga por gastos excessivos na Copa (Foto: NICOLAS ASFOURI / AFP)
Foto: Lance!

O jornal destacou que a federação é acusada de desviar recursos destinados a estadia da equipe na Rússia. A seleção ficou hospedado em Grozny, na Chechênia.

A denúncia teria saído do advogado egípcio Muhammed al-Nimr, que afirmou que a entidade sonegou 1,8 milhão de dólares (R$ 8 milhões), tendo em vista que a federação recebeu do líder checheno Ramzan Kadyrov.

Veja também

Se meu Fusca falasse...:

 

Lance!
Publicidade
Publicidade