PUBLICIDADE

Espanha é convocada para a Euro e Sergio Ramos fica fora da lista

Luis Henrique justificou ausência de defensor por conta das lesões que limitaram suas participações. Nenhum atleta do Real Madrid foi chamado

24 mai 2021 08h36
| atualizado às 09h40
ver comentários
Publicidade

Luis Henrique convocou a Espanha para a disputa da Eurocopa e a grande surpresa foi a ausência de Sergio Ramos da lista. O técnico justificou que as inúmeras lesões e o tempo limitado em campo prejudicaram o defensor. Nenhum atleta do Real Madrid foi chamado.

Ramos não joga pela Espanha na Eurocopa (Foto: Divulgação / Federação Espanhola de Futebol)
Ramos não joga pela Espanha na Eurocopa (Foto: Divulgação / Federação Espanhola de Futebol)
Foto: Lance!

- Ramos não está porque não pôde competir desde janeiro de maneira adequada. Não foi fácil deixá-lo fora. Não há jogadores do Real Madrid pela primeira vez na história, pois ele e Carvajal não puderam participar - disse o treinador.

La Roja também convocou apenas 24 atletas de 26 possíveis para este torneio. Até o dia 12 de junho, a Espanha poderá convocar outros jogadores caso alguém que esteja na lista se lesiona ou seja contaminado pela Covid-19 e não tenha condições de participar da competição.

A seleção espanhola conquistou a Eurocopa em 2008 e 2012, mas caiu nas oitavas de final em 2016. Entretanto, a equipe tem conquistado bons resultados nas disputas mais recentes. Nas Eliminatórias para a Copa, a campeã mundial de 2010 é líder do grupo e também está na semifinal da Liga das Nações.

A Espanha está no Grupo E do torneio continental ao lado de Eslováquia, Polônia e Suécia. A estreia na Eurocopa está marcada para o dia 14, em Sevilla, contra os suecos, às 16h (de Brasília).

Veja a lista completa:

Goleiros: Unai Simón (Athletic), David de Gea (Manchester United) e Robert Sánchez (Brighton)

Defensores: José Gayá (Valencia), Jordi Alba (Barcelona), Pau Torres (Villarreal), Aymeric Laporte (Manchester City), Eric García (Manchester City), Diego Llorente (Leeds United), César Azpilicueta (Chelsea) e Marcos Llorente (Atlético de Madrid)

Meias: Sergio Busquets (Barcelona), Rodri Hernández (Manchester City), Pedri González (Barcelona), Thiago Alcántara (Liverpool), Koke Resurrección (Atlético de Madrid) e Fabián Ruiz (Nápoles)

Atacantes: Dani Olmo (RB Leipzig), Mikel Oyarzabal (Real Sociedad), Álvaro Morata (Juventus), Gerard Moreno (Villarreal), Ferran Torres (Manchester City), Adama Traoré (Wolverhampton) e Pablo Sarabia (PSG)

Lance!
Publicidade
Publicidade