PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

LANCE!

Espaço Aberto: recuperação de lesão na costela é de seis a dez semanas

4 jul 2015 - 10h14
Compartilhar
Exibir comentários

*Artigo escrito pelo cirurgião ortopedista Daniel Ramallo, do INTO -Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Rio de Janeiro.

Daniel Ramalho
Daniel Ramalho
Foto: Divulgação

As fraturas são problemas comuns em esportes competitivos e que exigem maior contato entre os integrantes. Elas ocorrem normalmente por conta de quedas, golpes aplicados de maneira indevida, desgaste ósseo ou fraturas geradas por estresse. No mundo do UFC, elas representam o pesadelo dos atletas que estão na briga pelo título.

Campeão peso-pena do UFC, José Aldo se machucou no treino de sparing, no decorrer da última semana, devido a um chute alto rodado que acertou em cheio a costela. Resultado: a tomografia constatou costela fraturada.

Segundo o cirurgião ortopedista Daniel Ramallo, do INTO -Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia –RJ, a recuperação de José Aldo demandará cuidado, já que a costela exerce função primordial no movimento da respiração e isso impede qualquer imobilização local.

- O gesso ou aparelho sufocariam o paciente dificultando a entrada de ar. Deve-se ter cuidado, pois, a recuperação e consolidação óssea neste local são mais lentas do que o habitual em outros segmentos do corpo - afirmou o cirurgião, que é membro SBTO.

Segundo Daniel Ramallo, o tratamento consiste em medicação analgésica e repouso para a pronta recuperação, que varia entre seis a dez semanas.

- A impossibilidade de se imobilizar a área devido a íntima relação com a respiração, pode ocasionar o aprisionamento de ar nos pulmões, o que causa grande dor e sofrimento ao paciente que tem seu rendimento prejudicado e até mesmo impossibilitado no esporte - explicou Ramallo, lembrando que radiografias de controle seriadas e monitoramento ambulatorial são indispensáveis.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade