4 eventos ao vivo

Debaixo de muita chuva, Botafogo-SP supera o Oeste em Barueri

Vitória como visitante elevou o time de Ribeirão Preto a oitava posição enquanto, por parte do Rubrão, a zona de rebaixamento pode ficar perigosamente próxima

5 nov 2019
21h19
atualizado às 21h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Na Arena Barueri, o duelo de pontas diferentes na tabela de classificação da Série B entre Oeste e Botafogo-SP teve como vitorioso o time melhor colocado terminando 2 a 0 para o Pantera. Agora, enquanto o time do interior paulista subiu para a oitava posição com 47 unidades e o clube de Barueri está em 14° com 39 pontos.O compromisso disputado em um gramado que aguentou bem as fortes chuvas que se abateram sobre a cidade e a região metropolitana de São Paulo teve uma divisão pendendo aos donos da casa no primeiro tempo nas chances reais de gol criadas.

Do lado botafoguense, aos 13 minutos Murilo Henrique apareceu completamente livre de marcação na bola levantada pelo atacante Felipe Saraiva e, na conclusão, perdeu uma chance de ouro de abrir a contagem. Por outro lado, enquanto aos 19 Matheus Oliveira bateu forte para defesa incrível de Darley, com 30 minutos o mesmo Matheus testou novamente o goleiro do Bota e viu ela acertar o travessão.

No tempo complementar, com o campo mais pesado, usar esse elemento como motivador de chutes de média distância rendeu o primeiro tento da partida favorável ao Pantera. Recebendo na entrada da grande área, Nadson ajeitou e bateu forte, no extremo canto esquerdo de Matheus Cavichioli que até pulou bem, mas não alcançou.

O tento fez muito bem a partida que ficou absolutamente aberta com o Oeste um pouco mais desorganizado para formular suas chances e o Botafogo-SP apostando bastante na bola parada.

Os visitantes até chegaram a acertar o travessão e forçar Cavichioli a uma excelente defesa em contra-ataque, mas foi apenas aos 48 minutos que Bruno José, em bola cruzada pelo lado direito, testou no contrapé do goleiro do Rubrão para confirmar o triunfo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade