PUBLICIDADE

Cruzeiro vence Coimbra e ameniza pressão antes de clássico

William Pottker e Felipe Augusto garantiram os três pontos para a Raposa, que subiu de posição na tabela de classificação

7 abr 2021 19h32
| atualizado às 19h43
ver comentários
Publicidade

Coimbra e Cruzeiro entraram em campo nesta quarta-feira, 7 de abril, às 17h30, no Independência, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. O time celeste superou a Águia por 2 a 0, gols de William Pottker e Felipe Augusto, chegando aos 14 pontos e alcançando a terceira colocação.

Pottker fez o primeiro gol da Raposa na vitória sobre o Coimbra-(Bruno Haddad/Cruzeiro)
Pottker fez o primeiro gol da Raposa na vitória sobre o Coimbra-(Bruno Haddad/Cruzeiro)
Foto: Lance!

Já o time de Contagem está na 11ª posição, com cinco pontos, e luta pelo segundo ano seguido para não ser rebaixado. O técnico Eugênio Souza trabalha para achar um novo jeito de jogar que mantenha a equipe na elite estadual.

O duelo foi marcado por uma defesa mais sólida do Cruzeiro, mas ainda com pouca força e intensidade ofensiva. O time celeste pouco conseguia chegar ao gol do rival.

Para o campeonato, os três pontos foram muito importantes para o time azul, já que irá para o clássico com o Atlético-MG com menos necessidade de um resultado positivo para se manter no G4 da competição.

Poucas chances de gol e sem comprometer na defesa

O Cruzeiro teve consistência defensiva no primeiro tempo, mas criou pouco na frente, apesar de Bruno José, Airton e Rafael Sobis terem se movimentado bastante.

Pottker abre o placar

Em uma bela enfiada do jovem Weverton, Pottker sai na cara de Jori e consegue marcar o gol do Cruzeiro, dando os três pontos para o time celeste. Com o placar mínimo, o time celeste supera o time de Contagem.

Felipe Augusto encerra a conta e garante os três pontos

Com a pressão na reta final do jogo feita pelo Coimbra, o Cruzeiro conseguiu encaixar um bom contra-ataque e garantir os três pontos com um belo gol de Felipe Augusto.

Pressão reduzida no clássico

Com o triunfo sobre o Coimbra, o Cruzeiro entrará no clássico contra o Atlético menos pressionado por um resultado que lhe garanta a permanência no G4 do campeonato. Entretanto, uma derrota para o arquirrival pode desencadear uma pressão na equipe, que ainda busca o melhor ajuste.

Próximos jogos

O Cruzeiro terá o clássico contra o Atlético-MG no domingo, 11 de abril, às 16h, no Mineirão. Já o Coimbra encara a Caldense, no Independência, no mesmo dia, domingo, só que às 11h.

Ficha técnica

COIMBRA 0 X 2 CRUZEIRO

Data: 7 de abril de 2021

Horário: 17h30 (de Brasília)

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes: Leonardo Henrique Pereira e Weyder Marques Borges

Cartões amarelos: Kauê(COI), Gustavo Crecci (COI)

Gols: William Pottker, aos 30'-2ºT(0-1), Felipe Augusto, aos 48'-2ºT(0-2)

COIMBRA (Técnico: Eugênio Souza)

Jori, Filipi Sousa, Augusto, Diogo Henrique e Lucas Hipólito, Thomas, Gustavo Crecci (Matheus Lima, aos 47'-2º), Kauê (Leonardo, aos 35'-2ºT), Rafhael Lucas (Yuri Tanque, aos 47'-2ºT) e Marquinho (Ribeiro, aos 35'-2ºT); Igor Oliveira (Guilherme Santos, aos 38'-2ºT).

CRUZEIRO(Técnico: Felipe Conceição)

Fábio; Raúl Cáceres, Weverton, Ramon e Matheus Pereira; Adriano (Matheus Neris, aos 38'-2ºT), Matheus Barbosa (Jadson, aos 38'-2ºT) e Marcinho (William Pottker, aos 6'-2ºT); Bruno José (Rômulo aos 38'-2ºT), Airton(Felipe Augusto, aos 20'-2ºT) e Rafael Sobis

Lance!
Publicidade
Publicidade