10 eventos ao vivo

Conselho de Liverpool aprova criação de novo estádio do Everton

Pauta foi repassada para o Secretário de Estado com o apoio popular. Nova arena deve ter capacidade para 52 mil pessoas e obras podem chegar perto dos R$ 4 bilhões

23 fev 2021
11h25
atualizado às 15h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Everton deu mais um passo para a construção do Bramley-Moore, nome do futuro estádio da equipe com capacidade para 52 mil torcedores. O projeto que gira em torno dos 500 milhões de libras (R$ 3,8 bilhões) foi aprovado pelo Conselho de Liverpool e a expectativa é de que as obras sejam concluídas entre 2023 e 2024, segundo o "Daily Mail".

Goodison Park deve deixar de ser a casa do Everton nos próximos anos (Foto: Divulgação)
Goodison Park deve deixar de ser a casa do Everton nos próximos anos (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

O Conselho acredita que a construção da nova arena pode gerar oportunidades de novos empregos e regenerar a região. Neste momento, o projeto irá para as mãos de Robert Jenrick, Secretário de Estado, para uma nova aprovação. No entanto, o apoio local é considerado um grande passo para a realização da obra.

Dessa forma, o Everton deve deixar o Goodison Park, casa do clube desde 1892 e um dos estádios mais antigos da Premier League. Além disso, dirigentes dos Toffees afirmam que há uma demanda maior por ingressos que não é atendida atualmente por conta da capacidade de pouco mais de 39 mil lugares no atual lar da equipe.

Veja também:

Qual foi a melhor? LANCE! lista 40 duplas ofensivas dos clubes brasileiros
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade