0
Logo do Santa Cruz
Foto: Gazeta Press

Santa Cruz

Com "fim precoce" da temporada 2018, cinco atletas já deixaram o Santa Cruz

Equipe não tem mais nenhuma competição para disputar até o final do ano e vive cenário delicado para arcar com salários

28 ago 2018
15h54
atualizado às 15h58
  • separator
  • comentários

Já no final do mês de agosto, o ano de partidas oficiais acabou para o Santa Cruz depois da eliminação nas quartas de final da Série C para o Operário. Agora, um cenário de melancolia misturado a preocupação toma conta do plantel Coral.

Foto: Guga Matos/JC
Foto: Guga Matos/JC
Foto: Lance!

A parte melancólica da situação se dá por conta do retorno de jogadores emprestados aos seus clubes para manutenção do ritmo de jogo, casos do zagueiro Augusto, do lateral Maílton e do volante Johnny (todos eles do Palmeiras) além do atacante Robinho, com direitos ligados ao Ceará. Além deles, o centroavante Lima teve seu vínculo encerrado com o clube e também não faz parte dos planos para 2019.

Outro ponto relacionado a essas saídas e que também tem a ver com a parte preocupante desse cenário é o aspecto financeiro. Apesar dessas saídas "desincharem" o orçamento do Santa, a falta de partidas dificulta a atratividade para patrocínios e, consequentemente, diminui a renda.

Por isso, o presidente Constantino Júnior já revelou em entrevista recente que o departamento financeiro vem montando uma estratégia voltada a cada situação em especial dos jogadores ainda vinculados ao clube para manter o máximo possível uma base de plantel.

Nesse momento, as informações dão conta de que os atletas possuem o mês de junho em aberto enquanto outros funcionários do Santa Cruz possuem até três meses de atraso.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade