2 eventos ao vivo
Logo do Santos
Foto: terra

Santos

Colírio faz efeito, e Bruno Henrique espera liberação

Atacante, que já treina com bola, precisa recuperar o ritmo e a condição física e técnica, após isso, resta o técnico Jair Ventura optar por utilizá-lo

17 abr 2018
06h02
atualizado às 08h45
  • separator
  • comentários

Liberado para treinar com bola, novo colírio que surtiu efeito, pressão ocular perto de ser regulada... Bruno Henrique tem recebido ótimas notícias nos últimos dias. O atacante deu passos importantes que o aproximam cada vez mais da retomada aos campos pelo Santos, mas ainda faltam alguns.

Bruno Henrique se aproxima de retorno ao Santos (Foto: Ivan Storti)
Bruno Henrique se aproxima de retorno ao Santos (Foto: Ivan Storti)
Foto: LANCE!

Recuperar o ritmo, a condição física e técnica são os principais fatores que impedem Bruno de atuar pelo Peixe hoje. E ainda falta tempo para o atacante chegar ao nível dos companheiros de equipe. Feito isso, resta aguardar pela liberação da comissão técnica.

No treino da última sexta, quando retornou da Alemanha, o atacante sentiu cansaço em excesso devido a intensidade da atividade e do tempo sem jogar.
Já na segunda, o camisa 11 treinou sem qualquer limitação. Em grupo, com choque, sem o óculos especial e sem demonstrar qualquer receio, tanto que cabeceou e fez alguns domínios de peito.

A pressão ocular era, inicialmente, a principal preocupação do departamento médico, pois era considerada muito acima do que deveria estar. Porém, com a nova medicação e a boa resposta de Bruno ao tratamento, está perto de se estabilizar.

Depois de superar os problemas na visão, Bruno poderá atuar apenas pelo Campeonato Brasileiro. Pela Libertadores, o atacante foi suspenso após a cusparada na eliminação para o Barcelona de Guayaquil (EQU), na Vila Belmiro, no ano passado, e por isso só voltará a contra o Real Garcilaso, no dia 24 de maio, pela última rodada da fase de grupos da competição.

 

Veja também:

Em meio a escândalo no sumô, luta japonesa realiza festival
LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade