3 eventos ao vivo

Chelsea 'acorda' após intervalo e atropela Crystal Palace

Equipe de Frank Lampard está em 4º lugar na tabela com sete pontos conquistados

3 out 2020
10h29
atualizado às 10h43
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Neste sábado, o Chelsea venceu Crystal Palace por 4 a 0, no Stamford Bridge, pela 4º rodada da Premier League, e deu um salto na tabela de classificação. Ben Chilwell, Kurt Zouma e Jorginho, duas vezes, marcaram os gols da vitória dos Blues.

O time de Frank Lampard está em 4º lugar, com sete pontos conquistados. O Crystal Palace é o sétimo colocado com 6 pontos. O Chelsea volta aos gramados no próximo sábado, às 11h, quando recebe o Southampton. No domingo, o Crystal Palace encara o Brighton, às 10h.

Foto: Mike Hewitt / Reuters

O jogo

As equipes fizeram um primeiro tempo morno, com o Chelsea tomando a iniciativa mas esbarrando na boa marcação do Crystal Palace. O time visitante assustava pouco e teve apenas uma oportunidade com Mamadou Sakho, em uma cabeçada no fim do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, não demorou para o Chelsea melhorou e abriu o placar. Aos 5 minutos, a defesa do Crystal falhou na saída de bola pelo lado esquerdo e os donos da casa jogaram a bola para área. Após o bate rebate, Ben Chilwell aproveitou a sobra e soltou a bomba de perna esquerda para fazer 1 a 0.

Aos 15, Ben Chilwell apareceu novamente para ajudar o Chelsea a ampliar. O lateral fez um ótimo cruzamento para Kurt Zouma, de cabeça, fazer 2 a 0 para os donos da casa.

O Chelsea não ficou satisfeito com o resultado e continuou pressionando a saída de bola do adversário. Aos 78, o VAR foi acionado e assinalou uma falta dentro da área. O árbitro marcou pênalti e Jorginho cobrou com categoria para fazer 3 a 0. Poucos minutos depois, Mamadou Sakho derrubou Havertz na área e um novo pênalti para os Blues foi marcado. Jorginho cobrou novamente e fechou o placar da partida por 4 a 0.

 

Veja também:

Veja quem mais jogou na Copa do Brasil
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade