PUBLICIDADE

Marcelo e Thiago Silva já venceram 'geração belga'

Lateral e zagueiro enfrentaram alguns dos adversários desta sexta pelos Jogos Olímpicos de 2008

6 jul 2018 06h03
| atualizado às 09h13
ver comentários
Publicidade

O caminho da Seleção Brasileira até uma esperada semifinal da Copa do Mundo passa pela Bélgica nesta sexta-feira, às 15h, em Kazan. Enfrentar a temida "geração belga" é um desafio novo para a equipe de Tite, mas dois atletas do atual elenco já tiveram embates com alguns dos adversários desta sexta - e isso vestindo a camisa da Canarinho. Marcelo e Thiago Silva enfrentaram e venceram parte da "espetacular geração belga".

Veteranos, Marcelo e Thiago Silva são os únicos remanescentes da campanha olímpica de 2008 (Foto: Reprodução)
Veteranos, Marcelo e Thiago Silva são os únicos remanescentes da campanha olímpica de 2008 (Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

Foi em 2008, durante os Jogos Olímpicos de Pequim, quando Marcelo e Thiago Silva defenderam a Seleção Brasileira no futebol masculino. A Bélgica entrou no caminho em duas oportunidades: na estreia, vitória do Brasil por 1 a 0, e na disputa de terceiro lugar, onde o time brasileiro também saiu vitorioso, desta vez por 3 a 0. Os jogos ocorreram há dez anos, mas isso diz muito sobre o trabalho de base feita pela Federação Belga.

Dos 18 convocados pela Seleção Brasileira em 2008, apenas a dupla está convocada para a Copa do Mundo de 2018. Já na Bélgica, cinco nomes defendem a equipe de Roberto Martínez na Rússia: Dembele, Fellaini, Vermaelen, Verthogen e Kompany. Desses cinco, a tendência é que quatro sejam titulares contra o Brasil.

Como era a Bélgica nos Jogos Olímpicos de 2008

Na época, o grande nome era Moussa Dembelé, que se destacava no AZ Alkmaard e terminou a Olimpíada se consolidando como revelação. Outro nome era Fellaini, que chamava atenção no Standard Liége e não demorou para despontar no futebol europeu. Foi comprado pelo Everton logo depois e atualmente defende o Manchester United.

A dupla de zaga era formada por Kompany e Vermaelen, que, teoricamente, é a titular da Bélgica nos tempos atuais. Vertoghen, que atualmente forma a trinca defensiva da seleção belga, jogou como primeiro volante na Olímpiada e também no Ajax, clube pelo qual foi revelado - e usava a camisa 10.

Como era a Brasil nos Jogos Olímpicos de 2008

Na época, Marcelo e Thiago Silva tinham 20 e 23 anos, respectivamente. O lateral-esquerdo havia se transferido para o Real Madrid no ano anterior, enquanto o zagueiro vinha de uma campanha com o Fluminense que teve o vice-campeonato da Libertadores de 2008. Marcelo esteve nos dois encontros entre Brasil e Bélgica na Olímpiada, ao passo que Thiago Silva participou apenas do jogo da primeira fase.

O Brasil ficou com a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de 2008 mesmo contando com nomes como Ronaldinho Gaúcho no elenco. A semifinal foi contra a Argentina do jovem Lionel Messi, que acabou se classificando à final após vencer os brasileiros por 3 a 0. Pelo caminho, a Seleção Brasileira bateu a Bélgica na disputa do terceiro lugar, e o ouro olímpico daquela edição ficou com a Argentina, que venceu a Nigéria na decisão.

Veja também

Invasão verde e amarela! Brasileiros ocupam Kazan pré-jogo:

 

Lance!
Publicidade
Publicidade