8 eventos ao vivo

Morre Waldo, o maior artilheiro da história do Fluminense

Ex-jogador, que sofria de Alzheimer e vivia em uma clinica na Espanha. Pelo Fluminense, marcou 319 gols em 403 jogos disputados

25 fev 2019
21h49
atualizado em 26/2/2019 às 08h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Aos 84 anos, o ex-atacante Waldo, maior artilheiro da história do Fluminense, faleceu nesta segunda-feira (26). O atleta é considerado um dos maiores atletas do clube em todos os tempos. O ex-jogador sofria de Alzheimer e vivia em uma clinica na Espanha.

Waldo marcou 319 gols em 403 jogos disputados(Foto: Divulgação)
Waldo marcou 319 gols em 403 jogos disputados(Foto: Divulgação)
Foto: LANCE!

Nascido em São Gonçalo em 9 de setembro de 1934, Waldo começou a sua carreira profissional no time tricolor em 1954. Permaneceu vestindo a camisa do Flu até 1961, quando foi para a Espanha atuar pelo Valência.

 

Em pouco mais de 400 jogos, colecionou títulos: Carioca de 1959, Rio-SP de 1957 e 1960 e Torneio Início de 1954 e 1956. Ainda foi artilheiro do Carioca em 1956 e dos dois Rio-SP conquistados vestindo a camisa tricolor.

Ninguém fez mais gols pelo Fluminense do que ele. Balançou as redes 319 vezes. O mais impressionante: nenhum destes foi de pênalti, aumentando ainda mais o seu feito. Em 1959, marcou 69 gols, o máximo feito por um jogador em uma temporada pelo Flu.

O Fluminense declarou luto oficial de três dias e deseja os mais sinceros pêsames e solidariedade à família de um dos maiores jogadores da nossa história.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade