0

Antes do primeiro clássico: veja quem mais jogou no Palmeiras até agora

O técnico Luiz Felipe Scolari utilizou 24 dos 25 jogadores inscritos nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Paulista; no sábado, a equipe recebe o Corinthians, no Allianz

31 jan 2019
08h02
atualizado às 08h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Às 17h deste sábado, no Allianz Parque, contra o Corinthians, o Palmeiras terá seu primeiro clássico e, consequentemente, primeiro real teste na temporada. Até agora, o único que pode "reclamar" de falta de chance no elenco é Jean: só ele não entrou em campo na quatro primeiras rodadas entre os 25 inscritos pelo clube no Campeonato Paulista.

Em quatro rodadas, Felipão usou 24 dos 25 inscritos no Campeonato Paulista (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
Em quatro rodadas, Felipão usou 24 dos 25 inscritos no Campeonato Paulista (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

A oportunidade é tão clara que todos os 24 já utilizados pelo técnico Luiz Felipe Scolari não apenas foram a campo, mas como titulares. O LANCE! aponta abaixo como está cada uma das posições no ranking de presença nas partidas com o treinador:O gol segue com Weverton
Felipão prometeu e cumpriu: o revezamento entre os goleiros aumentou, tanto que todos tiveram chance como titular nesta temporada. Mas Weverton, dono da posição no título brasileiro, segue com o mesmo status. sendo escalado duas vezes e passando 192 minutos em campo. Fernando Prass e Jailson atuaram em uma partida cada, ambas por 94 minutos, somando os acréscimos.

Linhas defensivas exatamente iguais
Scolari tem trocado todo o quarteto defensivo, e todos tiveram rigorosamente a mesma oportunidade. Curiosamente, na soma das duas partidas de Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Diogo Barbosa, acumula-se 190 minutos em campo, incluindo os acréscimos, número exatamente igual ao de Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis. Dentro da alternância de escalações, contudo, o Dérbi é a vez de Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Diogo Barbosa.

Thiago Santos, líder em minutos
O camisa 5 não supera apenas Felipe Melo, seu concorrente direto na cabeça de área, mas é quem passou mais tempo em campo no ano entre todos os jogadores do Palmeiras: foram 286 minutos em três jogos completos como titular. No clássico, porém, o mais provável é que a posição seja de Felipe Melo, reserva nessa quarta-feira e dono de 169 minutos atuados na temporada, somando duas partidas como titular e uma saindo do banco.

O quarteto de sempre
Dudu é o único do time que foi titular em todos os quatro jogos do ano, sendo substituído em todos, acumulando 265 minutos em campo. Mas há outros três no elenco que participaram de todos os quatro compromissos. Gustavo Scarpa (185 minutos) e Lucas Lima (251 minutos) tiveram dois jogos como titular e dois saindo do banco cada. São fortes candidatos a continuar no time para o primeiro clássico da temporada.

O quarto atleta sempre usado só é dúvida por uma questão fora de campo. Bruno Henrique, capitão do título brasileiro do ano passado, tem 195 minutos em campo em 2019, mas só um jogo como titular e três saindo da reserva. Sua maior participação passa muito pela definição de seu futuro, já que o Tianjin Teda lhe oferece um salário de R$ 1,7 milhão e topa pagar sua multa rescisória. Diante do assédio chinês, Moisés fez seus dois únicos jogos da temporada, ambos como titular, como segundo volante, acumulando 138 minutos e pode ser mantido na escalação para o clássico deste fim de semana.

Deyverson joga mais, mas Borja é o artilheiro
Com três jogos, sendo dois como titular e um saindo do banco, Deyverson acumula 207 minutos em 2019. Bem mais do que os 161 de Borja, que só atuou em duas partidas, sempre como titular. Mas, enquanto o camisa 16 tem um gol, o colombiano fez dois, sendo o único do elenco a ter balançado as redes mais de uma vez na temporada. E, no clássico de sábado, dentro do rodízio dos centroavantes, chegou a hora do camisa 9.

Novatos ganham chance aos poucos
Felipão já tinha dito que daria oportunidade aos poucos às novidades do elenco, para todos irem se adaptando a eles. Mais uma promessa cumprida. Dos recém-chegados, quem mais atuou foi Felipe Pires, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Oeste, nessa quarta-feira: o atacante emprestado pelo Hoffenheim, da Alemanha, teve sua primeira chance como titular e já tinha saído do banco em outros dois jogos, totalizando 167 minutos em campo.

Carlos Eduardo, contratado por mais de R$ 23 milhões do Pyramids, do Egito, foi titular uma vez e saiu do banco em outra, acumulando 120 minutos atuados. O meia Zé Rafael, vindo do Bahia, só jogou uma vez, como titular, por 61 minutos. O também meio-campista Raphael Veiga, que voltou de empréstimo ao Athletico a pedido de Scolari, também atuou apenas uma vez, como titular, por 67 minutos.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade