0

Animado com estreia, Gustavo espera 'coragem' dos zagueiros do Santos

Contra o Corinthians, Gustavo Henrique formou uma linha de três com Alison e Luiz Felipe atrás e foi quem mais se arriscou: 'Senti que vamos precisar de coragem para propor o jogo'

17 jan 2019
11h15
atualizado às 11h15
  • separator
  • 0
  • comentários

O zagueiro Gustavo Henrique parece estar animado para desenvolver em campo o estilo de jogo do argentino Jorge Sampaoli. Em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, na manhã desta quinta-feira, o beque que ele e seus companheiros de posição precisarão de coragem e personalidade para se adaptarem. Contra o Corinthians, em amistoso no último domingo, Gustavo formou uma linha de com Alison e Luiz Felipe e, na hora de atacar, era quem mais se arriscava após a linha de meio-campo no ataque.

- Pelo que senti no primeiro jogo, nós zagueiros vamos ter que ter mais coragem para propor o jogo. Às vezes, o adversário vai estar mais fechado e vamos ter que ter paciência para girar o jogo e furar o bloqueio, às vezes, chamar o adversário para aí sim sair da marcação - ponderou, e completou:

- Santos já tem um elenco muito bom. Chegou um treinador que vai nos ajudar muito, é vitorioso e está passando pra gente que temos que ser o time grande em todos os confrontos. Vou procurar fazer (mais gols). Todo zagueiro que faz bastante gol se destaca. Vou tentar ser mais agressivo e fazer gols porque sabemos que bola parada define o jogo.

Contra o rival de Itaquera, Gustavo Henrique estava bem posicionado para subir na hora certa após cobrança de falta de Jean Mota. No lance, Pedro Henrique acabou marcando contra a própria meta, empatando o jogo para o Santos. Gustavo comemorou o tento como se fosse seu.O jogador também falou sobre uma possível disputa acirrada na zaga santista. Por enquanto, a tendência é que a dupla titular seja mesmo ele e Luiz Felipe, mas, no decorrer de 2019, a disputa será intensa. Lucas Veríssimo se recupera de uma séria lesão no joelho e só deve voltar no mês que vem. O Santos, por sua vez, contratou Felipe Aguilar, de 25 anos. O beque era um dos destaques do Campeonato Colombiano e chega para tentar voltar à seleção.

- A diretoria está lá para fazer o trabalho deles e a gente o nosso. Todo reforço é bem-vindo. Pelos vídeos, o Aguilar tem boa saída de bola e pode nos ajudar. Quem está aqui vai continuar dando seu melhor e o Santos só tem a ganhar com isso - finalizou Gustavo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade