3 eventos ao vivo

André Bahia notifica atraso de pagamento de acordo com o Botafogo

Última parcela, no valor de R$ 1 milhão, deveria ter sido depositada judicialmente pelo Palmeiras até fim de 2019, retirando do crédito que seria do Bota da venda de jogador

15 jan 2020
22h02
atualizado às 22h05
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em maio de 2019, a juíza Flávia Nóbrega Cozzolino, da 11ª Vara do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1) homologou, em audiência, o acordo entre André Bahia e o Botafogo, para dar fim a um processo do jogador contra o Alvinegro. Ficou definido que o clube pagará R$ 1,9 milhão a André Bahia, oriundo do crédito que o Bota tinha a receber ainda em 2019 junto ao Palmeiras pela transferência de Matheus Fernandes. A segunda e última parcela, de R$ 1 milhão, deveria ter sido paga direto pelo Verdão em juízo até o dia 16 de dezembro do ano passado, mas, de acordo com o atleta, não foi até agora.

Andre Bahia com a camisa do Botafogo (Foto: Bruno de Lima/ LANCE!Press)
Andre Bahia com a camisa do Botafogo (Foto: Bruno de Lima/ LANCE!Press)
Foto: Lance!

Com isto, nos autos, os quais o LANCE! teve acesso, André Bahia comunicou o atraso do pagamento do acordo, solicitando a ativação da cláusula da multa de 30%. Esta multa, segundo o acordo, é aplicada em caso de inadimplemento de dez dias após a data. Após esta comunicação, a juíza Flávia Cozzolino voltou a se manifestar nesta quarta-feira, despachando que a multa só será aplicada caso o pagamento não seja efetuado até o próximo dia 29. A magistrada determinou que o Palmeiras seja novamente notificado, por meio de seu advogado, para que cumpra a ordem e deposite judicialmente R$ 1 milhão até a data em questão - no acordo inicial, a juíza deixou em aberta a possibilidade de aplicação de crime de desobediência caso a decisão fosse descumprida, vale destacar.

Neste mesmo despacho, a juíza aproveitou para já deixar determinado que se o pagamento não for efetuado neste prazo, uma notificação seja expedida para o Palmeiras, já com a aplicação do valor da multa - com isto, em cinco dias, o clube paulista deverá, caso não cumpra a primeira determinação, depositar judicialmente o valor de R$ 1,3 milhão para a quitação do acordo de André Bahia com o Botafogo. Vale lembrar que o acordo, no total, foi fechado entre as partes em R$ 1,9 milhão, e a primeira parcela, de R$ 900 mil, foi paga em julho diretamente pelo Palmeiras na conta judicial informada pela magistrada.

Veja também:

Libertadores pega fogo e tem jogador do Grêmio que pode ir para a Europa
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade