PUBLICIDADE

Tóquio bate novo recorde de casos diários de covid-19

Nesta quinta-feira, foram 3.865 pessoas infectadas com o novo coronavírus em últimas 24 horas

29 jul 2021 15h11
| atualizado às 15h19
ver comentários
Publicidade
Anéis olímpicos na pista de atletismo do Estádio Nacional em Tóquio
Kirby Lee-USA TODAY Sports via Reuters
Anéis olímpicos na pista de atletismo do Estádio Nacional em Tóquio Kirby Lee-USA TODAY Sports via Reuters
Foto: Reuters

Em meio aos Jogos Olímpicos, a capital do Japão e sede da competição, Tóquio, registrou pelo terceiro dia consecutivo um novo recorde de casos de covid-19 em um só dia desde o início da pandemia. Nesta quinta-feira, 29, foram 3.865 pessoas infectadas com o novo coronavírus em últimas 24 horas. Na quarta-feira, 28, haviam sido 3.177 pessoas diagnosticadas com a doença.

"Nunca experimentamos um aumento nas infecções dessa magnitude", disse o chefe de gabinete do governo, Katsunobu Kato, conforme noticiou a Associated Press. Novos casos não dispararam apenas em Tóquio, mas em todo o país, observou ele.

O Japão manteve seus números de casos e mortes abaixo de muitos outros países, mas sua média de sete dias está subindo e é de 28 por 100 mil pessoas em todo o país e 88/100 mil em Tóquio, de acordo com o Ministério da Saúde.

Diante do aumento de casos no mundo, impulsionados pela disseminação da variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia, a China montou estações para aumentar os testes de trabalhadores em portos chineses, depois de uma onda de casos. As 171 novas infecções da variante são modestas em comparação com a Índia e alguns outros países, mas as contaminações rastreadas até o Aeroporto Internacional de Nanjing se espalharam para pelo menos dez cidades.

Segundo a Associated Press, os primeiros casos ocorreram entre funcionários e pessoas que passaram pelo aeroporto de Nanjing, que atende 30 milhões de passageiros por ano. Autoridades citadas pela mídia chinesa dizem que os funcionários do aeroporto podem ter sido infectados pelo manuseio impróprio do lixo, mas não disseram como o vírus pode ter chegado lá.

Estadão
Publicidade
Publicidade