PUBLICIDADE

Alex Douglas é prata na maratona e Brasil iguala recorde de medalhas em Paralimpíadas; veja o resumo

Brasileiro chegou na segunda colocação da prova da classe T46 com tempo de 2h27m00s

5 set 2021 01h49
| atualizado às 02h23
ver comentários
Publicidade

As Paralimpíadas de Tóquio estão chegando ao fim, mas ainda deu tempo do Brasil conquistar mais uma medalha. Na maratona atlética, classe T46, o brasileiro Alex Douglas da Silva conquistou a medalha de prata. O feito do velocista iguala o número de pódios do Brasil em 2016, quando o país alcançou a marca de 72 medalhas no Rio de Janeiro.

Alex Douglas conquista a medalha de prata nas Paralimpíadas de Tóquio (Foto: Ale Cabral/CPB)
Alex Douglas conquista a medalha de prata nas Paralimpíadas de Tóquio (Foto: Ale Cabral/CPB)
Foto: Lance!

Com tempo de 2h27m00s, Alex Douglas bateu o recorde paralímpico sul-americano. O brasileiro teve bom início de prova e se manteve no pelotão da frente durante todo o percurso. A medalha de ouro ficou com o chinês Chaoyan Lu, que teve marca de 2h25m50s (recorde paralímpico). Tsutomu Nagata fechou o pódio com tempo de 2h29m33s.

Nas outras maratonas deste último dia de competições em Tóquio, Edeneusa Santos chegou na quarta colocação na maratona feminina, classe T12, com tempo de 3h15ms32. Outra brasileira da prova, Edilene Teixeira ficou apenas na sétima posição, com marca de 3h26m32s. Na categoria T54 Vanessa Cristina terminou na 12ª posição, enquanto Yeltsin Jacques do T12 masculino, abandonou a prova antes do fim.

Além de igualar o número de medalhas da Rio 2016, o Brasil bateu o recorde de medalhas de ouro na história das Paralimpíadas, com 22 contra 21 de Londres 2012. Além dos 22 ouro, o país também somou 20 pratas e 30 bronzes em Tóquio. O Brasil teve chance de ultrapassar a marca das 72 medalhas, mas Victor Fernandes perdeu a disputa do bronze no badminton.

Confira o número de medalhas brasileiras por cada paralimpíada:

Heidelberg 1972 - 0

Toronto 1976 - 1

Arnhem 1980 - 0

Stoke/Nova York - 28

Seoul 1988 - 27

Barcelona 1992 - 7

Atlanta 1996 - 21

Sydney 2000 - 22

Atenas 2004 - 33

Pequim 2008 - 47

Londres 2012 - 43

Rio 2016 - 72

Tóquio 2020 - 72

Confira como ficou o Top-10 de medalhas das Paralimpíadas de Tóquio:

1º China - 207 (96 ouros, 60 pratas e 51 bronzes)

2º Grã-Bretanha - 124 (41, 38 e 45)

3º Estados Unidos - 104 (37, 36 e 31)

4º Comitê Paralímpico Russo - 118 (36, 33 e 49)

5º Holanda - 59 (25, 17 e 17)

6º Ucrânia - 98 (24, 47 e 27)

7º Brasil - 72 (22, 20 e 30)

8º Austrália - 80 (21, 29 e 30)

9º Itália - 69 (14, 29 e 26)

10º Azerbaijão - 19 (14, 1 e 4)

Lance!
Publicidade
Publicidade